Prêmio de Exibição Audiovisual da Funceb tem inscrições abertas até 20 de outubro

Estão abertas as inscrições para o Prêmio de Exibição Audiovisual, que vai contemplar 60 obras audiovisuais de curta, longa metragem e obras seriadas de produção independente, na categoria ficção, documental e animação, oriundas dos diversos territórios de identidade do estado da Bahia.

As inscrições – online e gratuitas – poderão ser feitas até 20 de outubro, no site da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA). O Prêmio integra o Programa Aldir Blanc Bahia, gerido pela Secretaria e serão destinados recursos oriundos da Lei Aldir Blanc direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, da ordem de R$ 1 milhão.

O intuito da premiação é exibir as obras audiovisuais selecionadas, durante os dois anos, na TVE (TV Educativa da Bahia), em horários estabelecidos pela emissora, e no Circuito Luiz Orlando de Exibição Audiovisual administrado pela Diretoria de Audiovisual da Funceb, a Dimas. O Circuito Luiz Orlando de Exibição Audiovisual tem pontos de exibição cadastrados em escolas, pontos de cultura e afins. As sessões serão programadas pela Dimas.

A Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) garantirá uma cota de 50% sobre o valor total dos prêmios para proponentes autodeclarados negros. Para além da aplicação da cota racial regulamentada, haverá pontuação adicional para o proponente que se auto declarar mulher, transgênero e travesti ou residir no interior do estado. Trata-se de uma ação afirmativa que tem como objetivo valorizar a participação destes atores sociais na direção ou produção executiva dos projetos, assim como a presença de empresas produtoras do interior do estado. Ao todo serão destinados recursos da ordem de R$1 milhão para este Prêmio.

Programa Aldir Blanc Bahia

Criado para a efetivação das ações emergenciais de apoio ao setor cultural, o Programa Aldir Blanc Bahia (PABB) visa cumprir os incisos I e III da Lei Aldir Blanc (Lei Federal nº 14.017, de 29 de junho de 2020) e suas regulamentações federal e estadual. As ações são a transferência da renda emergencial para os trabalhadores e trabalhadoras da cultura, e a realização de chamadas públicas e concessão de prêmios. O PABB tem execução pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, geridas por meio da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura e do Centro de Culturas Populares e Identitárias; e as suas unidades vinculadas: Fundação Cultural do Estado da Bahia, Fundação Pedro Calmon, Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural.

TCA em Casa divulga programação da última semana de outubro

Fechando o mês de outubro, o Teatro Castro Alves (TCA) segue em seu ‘TCA em Casa’. A agenda online mantém as atividades de difusão da arte e...

Museu Geológico da Bahia realiza 22ª edição da Semana da Criança

A 22ª edição da Semana da Criança, evento anual promovido pelo Museu Geológico da Bahia (MGB), que ocorre entre os dias 26 e 28 outubro, terá programação...

Secult lança prêmio para Pontos de Cultura pelo Programa Aldir Blanc Bahia

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), através da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult) lança, nesta quarta-feira (21), mais um edital do Programa...

“Tomo sempre banho antes e depois de transar”, diz Xuxa

Xuxa Meneghel revelou no livro “Memórias”, lançado em setembro, que ainda sofre com os traumas por causa dos abusos sexuais que sofreu quando era criança. As informações...