Executado em Pernambués, homem é apontado como autor de morte de criança em Feira de Santana

Um homem foi assassinado no início da tarde desta quinta-feira (22/10), no bairro de Pernambués, em Salvador. O crime aconteceu por volta das 14h, na Travessa Rússia.

De acordo com a fonte do Informe Baiano, a vítima foi até uma “boca de fumo” para comprar drogas e teria sido apontada por traficantes como autor do latrocínio do garoto Kaíque Soares Queiroz, de 11 anos, que foi morto com golpes de foice durante um assalto em Feira de Santana, na quarta-feira (21/10).

Ainda de acordo com a fonte do IB, o homem foi torturado, espancado e depois morto. O corpo dele estava amarrado com fio e cordas. Tinham também vários ferimentos na cabeça. Porém, ainda não há nenhuma comprovação que realmente trata-se do suspeito do latrocínio de Kaíque. Policiais militares estiveram no local do crime, isolaram a área e acionaram equipes das polícias Civil e Técnica, que apuram o homicídio.

O crime do menino Kaíque chocou moradores da localidade da Água Grande. Por meio de um grupo de WhatsApp, o pai relatou que o filho havia saído de casa para procurar algumas ovelhas dos familiares e foi encontrado morto em um matagal. O bandido ainda roubou um celular e uma carteira da criança, que tinha cerca de R$ 300.

Em nota enviada ao IB, a Polícia Civil informou que o “DHPP ainda não tem a identificação da vítima de homicídio de Pernambués e, consequentemente, não há como confirmar se é o autor do crime de Feira”.

Homem é conduzido após invadir igreja no Rio Vermelho

Um homem acusado de invadir a Igreja de Santana, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, foi conduzido para uma unidade da Polícia Civil, na terça-feira (2),...

Aeronaves do Estado levam para o interior mais 88 mil doses de vacina contra a Covid-19

Aeronaves do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar da Bahia e da Casa Militar do Governador (CMG) iniciaram, às 7h desta quarta-feira (3), a 6ª fase da...

Pré-cadastro revela número acima do esperado de idosos entre 60 a 79 anos residentes em Salvador

O pré-cadastro para vacinação de idosos com idades entre 60 a 79 anos revelou um quantitativo de pessoas dessa faixa etária que residem na capital baiana muito...

Anvisa diz que vacinas usadas no Brasil são seguras

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que, até o momento, os dados públicos de notificações do uso de vacinas contra covid-19 no país não indicam...