Rui entrega passarela, autoriza recuperação da Estrada do Coco e outras ações em Lauro de Freitas; investimentos somam R$ 560 milhões

O governador Rui Costa visitou o município de Lauro de Freitas nesta sexta-feira (23), onde assinou ordem de serviço para a recuperação de 10 quilômetros da Estrada do Coco e entregou a primeira passarela com elevadores da cidade. Essas ações fazem parte de um pacote que soma R$ 560 milhões de investimentos do Governo do Estado em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).
Dentre as obras estão a macrodrenagem do Rio Ipitanga e sistema de esgotamento sanitário, além de construção de escolas.

Rui destacou que a Bahia é o segundo estado brasileiro em volume de investimentos.”Estamos enfrentando obras estruturantes para resolver problemas de décadas que não eram resolvidos. Quando se fala em saneamento básico, estamos resolvendo problemas de décadas passadas e décadas para o futuro. Com uma obra desse tamanho de macrodrenagem, nós estamos resolvendo um problema crônico da cidade que são os alagamentos. Então nós estamos realizando o sonho de muitos anos da população de Lauro de Freitas”.

O diretor de Urbanismo e Habitação da Conder, Maurício Mathias, explicou a importância do investimento de R$ 170 milhões no desassoreamento do Rio Ipitanga e na macrodrenagem. “É uma obra que tem cinco quilômetros e inclui cinco reservatórios. Estamos ampliando a calha do rio para 30 metros na parte superior e 22 metros na parte inferior. Essa obra vai eliminar esses alagamentos que ocorriam em Lauro de Freitas, dando maior fluidez ao rio e às chuvas quis correm para o Joanes”.

Junto com as obras de macrodrenagem, o governador destacou também o investimento de R$ 210 milhões que a Embasa está fazendo para implantar esgotamento sanitário, com ligações domiciliares e despejo no Emissário Submarino de Salvador. “Saneamento é obra de saúde pública. Aqui em Lauro de Freitas, a situação se agrava porque o lençol freático é muito alto. Um terreno que já é molhado, quando chove, facilmente alaga. Então, já estão executados R$ 85 milhões, para levar o esgoto da cidade ao emissário submarino, além das ligações”.
Pavimentação e escolas

Com a ordem de serviço assinada pelo governador Rui Costa, o trecho de 10 quilômetros da BA-099 que atravessa Lauro de Freitas passa a se chamar, oficialmente, Avenida Santos Dumont e passa a ser administrado pelo município. O secretário estadual da Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, explica a mudança. “Isso facilita toda a legislação de ocupação do uso do solo, que passa a depender unicamente de leis municipais, assim como as decisões de trânsito. E para entregar a via em perfeito estado, estamos investindo R$ 10 milhões na pavimentação”.

Rui também entregou as torres da primeira passarela da cidade com elevadores, atravessando a Avenida Santos Dumont, investimento da ordem de R$ 1,2 milhão, e destacou as obras de pavimentação da Rua Djanira Maria Bastos Quingoma, que está recebendo investimento de mais de R$ 2 milhões.

O governador visitou ainda o terreno onde será construída uma escola. “Vamos construir dois colégios aqui em Lauro de Freitas. Um, que será o novo Ceptic, e outro em Portão. As duas escolas juntas vão custar R$ 35 milhões, com quadra coberta, campo com grama sintética, laboratório e uma piscina, para que nossos jovens possam se interessar pelo esporte”.

Foto: Camila Souza/GOVBA

Hospital Metropolitano e ônibus movido a GNV

O governador informou que está sendo licitada a operação do Hospital Metropolitano, para que possa ser inaugurado. “Nós investimos mais R$ 130 milhões no Hospital Metropolitano. Estamos fazendo a licitação para que a operação seja semelhante a do Hospital do Subúrbio. Com o início do funcionamento, o Menandro de Farias passa a ser gerido por Lauro de Freitas e a ser especializado em atendimento materno-infantil”.

Ainda durante a visita a Lauro de Freitas, Rui andou no ônibus movido a GNV, que está em fase de teste na Bahia. “Estamos testando dois tipos de ônibus, esse a gás, e domingo teremos um elétrico. Queremos colocar a Bahia no cenário internacional como um estado que cuida da saúde das pessoas”, afirmou.

O primeiro ônibus movido a gás natural veicular (GNV) e biometano começou a circular na capital baiana, na última quarta-feira (21). A chegada do veículo faz parte de uma ação experimental que envolve a Bahiagás, Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) e a montadora Scania. Até a próxima segunda-feira (26), o ônibus fará o trajeto Aeroporto – Praia do Forte, nos horários das 6h e 15h, e será cobrado o valor praticado atualmente, que é de R$ 8,10.

Foto: Camila Souza/GOVBA

“Nós queremos que a Bahia seja referência mundial em cuidado com a vida e com o meio ambiente. Estamos conversando com os empresários para a substituição da frota, com renúncia de tributos, para incentivar essa substituição”, afirmou o governador.

92a CIPM apreende produtos avaliados em R$ 10 mil

Equipes do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) da 92a Companhia Independente dal Polícia Militar (CIPM) apreenderam, na quarta-feira (2), produtos avaliados em cerca de R$ 10...

Serviço de Atendimento aos Militares Estaduais volta a funcionar no SAC Bela Vista

O Serviço de Atendimento aos Militares Estaduais (SAME) retomou o atendimento no SAC Bela Vista. Em atividade desde setembro de 2019, a unidade teve as atividades suspensas...