Baiana do Lobato está entre as vítimas do ataque terrorista na França

Nascida no Lobato, no subúrbio de Salvador, a cozinheira Simone Barreto, que trabalhava como cuidadora de idosos, é uma das vítimas do atentado terrorista na basílica Notre-Dame, na França, ocorrido nesta quinta-feira (29/10).

A baiana de 44 anos foi esfaqueada e morreu num restaurante quase em frente à catedral, onde tentou se abrigar. Ela morava no país europeu há 30 anos e deixou três filhos.

Através das redes sociais, o governador Rui Costa lamentou a morte de Simone.

“Triste e indignado. Atentado terrorista na França matou Simone Barreto, baiana de Salvador. Ataque covarde contra a liberdade. Que Deus conforte familiares e amigos de Simone e das outras vítimas deste crime bárbaro. Solidariedade à França e ao mundo que defende o amor e a paz”.

Poupança tem maior retirada líquida em fevereiro em cinco anos

Pelo segundo mês seguido, a aplicação financeira mais tradicional dos brasileiros registrou retirada líquida de recursos. Em fevereiro, os investidores retiraram R$ 5,83 bilhões a mais do...

Museu Geológico da Bahia completa 46 anos

Vinte e sete mil peças, fragmentos de um mundo fabuloso e provas concretas de descobertas fantásticas, foram se juntando ao longo dos últimos 46 anos e dão...

Boletim epidemiológico registra 111 óbitos e mais de 21 mil casos ativos por Covid-19

No dia em que a Bahia atinge mais de 21 mil casos ativos de Covid-19, o Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova começa a funcionar para...

MP aciona Justiça para combater extração mineral na Serra do Tombador

O Ministério Público estadual protocolou quatro ações civis públicas contra extrações minerais ilegais de arenito realizadas na Serra do Tombador, com pedido liminar de paralisação das atividades...