Sem máscara, secretário de Saúde participa de feijoada e show de Magary Lord em Salvador

Aos veículos de comunicação, o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, cobra diariamente da população o uso de máscara e o respeito as normas sanitárias, a exemplo do distanciamento, para evitar a propagação da Covid-19. Mas no dia-a-dia, ao que tudo indica, as atitudes do gestor são um pouco diferentes.

Fotos e vídeo enviados ao Informe Baiano, nesta segunda-feira (23/11), mostram o cardiologista em uma festa no Hotel Deville, no bairro de Itapuã, em Salvador. Nos registros, alguns divulgados pelo próprio gestor da Saúde baiana em um grupo de WhatsApp, ele aparece bem à vontade com amigos, a maioria sem máscara. Em uma foto oficial da turma de médicos, apenas três pessoas aparecem com a proteção.

Uma testemunha relatou ao IB, que mais de 50 pessoas estiveram no evento em comemoração aos 30 anos de uma turma de médicos da UFBa (Universidade Federal da Bahia). Até um candidato derrotado a prefeito de Santo Estêvão, em 2016, participou do evento. Vilas-Boas chegou no hotel sexta-feira de noite e ficou em um bar. No dia seguinte, sábado (21/11), comeu uma feijoada e curtiu ao som do cantor de Axé, Magary Lord.

Nas últimas 24 horas, de acordo com boletim da pasta comandada por Vilas-Boas, foram registrados na Bahia 1.418 casos da Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.237 recuperados (+0,3%). Dos 386.321 casos confirmados desde o início da pandemia, 369.812 já são considerados recuperados e 8.386 encontram-se ativos. O número total de óbitos no estado desde o início da pandemia é de 8.123.

Recentemente, o secretário afirmou que os dados da pandemia alertam sobre as consequências do descontrole que está ocorrendo em algumas cidades, a exemplo de Feira de Santana, onde cobrou posicionamento firme da gestão municipal.

Em junho, diante de flagrantes de aglomeração no Farol da Barra, declarou que a cena era “inadmissível” e “uma demonstração de irresponsabilidade e, sobretudo, de egoísmo de cada uma dessas pessoas”. “Elas estão preocupadas apenas em satisfazer seus prazeres e não estão preocupadas nem um pouco com a coletividade”, desabafou na época.

O IB entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria Estadual de Saúde, que solicitou fotos e vídeos para avaliar a denúncia. Posteriormente, informou que a Pasta não vai se posicionar. O espaço está aberto e caso uma resposta do secretário Fábio Vilas-Boas seja enviada, será publicada imediatamente.

Kannário comemora início da vacinação e defende agilidade para ampliar imunização

O deputado federal Igor Kannário (Democratas) comemorou nesta segunda-feira (18) o início da imunização contra a Covid-19 após autorização, pela Anvisa, do uso emergencial das vacinas Coronavac...

‘Viciados’ no trabalho em maior risco de depressão, sugere estudo

Se é um 'workaholic', viciado em trabalho, pode estar em maior risco de depressão ou de problemas com o sono.'workaholics' - descritos como pessoas com “uma compulsão...

Governo prorroga suspensão de revisões do Bolsa Família

O Ministério da Cidadania prorrogou por mais 90 dias a suspensão de revisões cadastrais e de procedimentos operacionais do Programa Bolsa Família e do Cadastro Único para...

Esquema policial prevê recebimento, escolta de vacinas e reforço nos locais de vacinação 

As secretarias da Segurança Pública e de Saúde do Estado fizeram os  últimos  ajustes do esquema de recebimento  e escoltadas das vacinas, previstas para desembarcar  na noite...