Jurailton Santos alerta consumidores para as compras na Black Friday

Na última sexta-feira do mês de novembro em todo o Brasil, acontece a campanha Black Friday. Pensando em orientar os consumidores sobre os cuidados que se deve ter na hora das compras, o deputado estadual Jurailton Santos (Republicanos), que é membro titular da Comissão de Defesa do Consumidor e Relações de Trabalho, na Assembleia Legislativa da Bahia, destaca algumas dicas que devem ser seguidas para evitar possíveis transtornos.

” É necessário ter atenção máxima! Algumas empresas já se anteciparam e disponibilizaram diversas promoções. Oriento ao consumidor que fique atento ao valor e a qualidade dos produtos e serviços oferecidos pelos fornecedores, se realmente são descontos verdadeiros ou custam a ‘metade do dobro’. Só assim podemos reduzir as chances de o comprador cair na ‘Black Fraude’ e evitar as frustrações que isso traz”, explica Jurailton.

O parlamentar ainda lembra que algumas lojas costumam aumentar o preço do produto na véspera, com a intenção de enganar os consumidores com promoções que não existem. “A Black Friday seria muito boa se não existissem a ganância e a falta de caráter de algumas empresas, que a todo custo querem lucrar. Por isso, aconselho aos consumidores que tiverem seus direitos violados, procurarem os órgãos competentes, e formalizem uma reclamação no Procon, ou até mesmo buscar auxílio junto ao Ministério Público”, reforça o Republicano.

Confira algumas dicas disponibilizadas pelo Procon – Bahia:

1) O consumidor deve comparar o valor real dos produtos com os da promoção, verificando os preços com antecedência para não cair em falsos descontos;

2) Consulte a reputação da empresa no site “RECLAME AQUI”, e fique atento ao valor do frete, que pode estar acima do valor normal;

3) Realize pesquisas em sites especializados antes de efetivar a compra. Procure por comentários das pessoas nas páginas virtuais das lojas;

4) O consumidor deve guardar todos os documentos e notas fiscais relacionadas à sua compra, seja ela realizada em loja física ou virtual;

5) As compras efetivadas pela internet têm o prazo de sete dias para desistência, contados a partir do recebimento do produto;

6) Outra orientação é para compras de pacotes de viagens promocionais. De acordo com a Lei n° 14.046, a empresa tem até 18 meses para remarcar o serviço.

Insuficiência da regra de ouro totaliza R$ 453,7 bilhões

O valor do crédito que o governo deverá pedir ao Congresso Nacional para bancar o pagamento de aposentadorias, benefícios sociais e pagamento de servidores públicos sem descumprir...

Estado antecipa pagamento de aposentados e pensionistas em janeiro

Tendo em vista os cuidados especiais com os idosos em meio à pandemia do coronavírus na Bahia, o Governo do Estado antecipa pela décima vez o pagamento...

Dívida pública pode alcançar até R$ 5,9 trilhões em 2021

Depois de encerrar 2020 levemente acima de R$ 5 trilhões e em nível recorde, a Dívida Pública Federal (DPF) deverá chegar ao fim de 2021 entre R$...

MP recomenda aos municípios de Nova Canaã, Iguaí e Ibicuí que se atenham aos critérios na ordem de vacinação

O Ministério Público estadual expediu recomendações aos municípios de Nova Canaã, Iguaí e Ibicuí que se atenham rigorosamente aos critérios técnicos na ordem de vacinação contra o...