Bruno Reis entrega Lagoa dos Dinossauros: “lindo equipamento público”; confira fotos

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, inaugurou nesta terça-feira (04/01), a Lagoa dos Dinossauros, no bairro do Stiep. Com projeto desenvolvido pela Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), a intervenção devolve à cidade mais um importante espaço de lazer que estava abandonado, com uma nova concepção. Secretários, vereadores e lideranças participaram do evento.

Bruno destacou a fabricação dos produtos pela Desal, que com isso “oferece novas opções de lazer para as comunidades” e “valoriza o patrimônio da cidade”.

O gestor disse que foram investidos “aqui quase um milhão de reais para recuperar a antiga Lagoa dos Frades”, um “lindo equipamento público”.

“Não imaginávamos que nós teríamos capacidade de fabricar esses brinquedos. A gente pensava em comprar esses brinquedos e inclusive, havia uma negociação em curso com uma rede de supermercados para doar como uma contrapartida”, revelou Bruno.

Réplicas de dinossauros em tamanho real foram instaladas no entorno da lagoa, que fica em área de Mata Atlântica. São duas de Tiranossauro Rex, com aproximadamente cinco metros de altura e nove de comprimento cada, seis de Velociraptor, duas de Dilofossauro, uma de Dilofossauro Sinensis, uma de Braquiossauro, uma de Pteranodonte e uma de Anquilossauro.

As réplicas emitem sons com a aproximação das pessoas, por meio de um sensor de presença e do uso de um aplicativo. As peças foram produzidas, inicialmente, de maneira artesanal no Espaço Maker da Desal. O processo de construção envolveu um estudo prévio sobre como era a anatomia dos dinossauros. 

Após o estudo e a busca de imagens, os colaboradores da autarquia projetaram as imagens em 3D e as retrataram em estruturas metálicas. O passo seguinte foi cobrir essas estruturas esculpindo célula por célula com argila. Depois que as peças foram totalmente cobertas e fibradas, elas foram recortadas dando origem à fibra de vidro que é utilizada como forma final.

Revitalização – Antes de receber os dinossauros, a lagoa, que tem 16.470 m², foi revitalizada, ganhando no entorno espaço de convivência, sanitário, novo mobiliário com jogos de bancos e mesa, banheiro para pessoas com deficiência, pergolado, anfiteatro, acessibilidade e quiosques. O esgoto que antes era despejado no local foi desativado.  Além disso, a lagoa passou por um processo de aeração, que melhorou as condições da água.

Travesti esfaqueia ladrão na Boca do Rio

Um ladrão se deu mal na noite deste domingo (28/02), no bairro da Boca do Rio, em Salvador. De acordo com um leitor em contato com o Informe...

Na luta contra a Covid-19, Adolfo suspende todas as atividades na ALBA

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Adolfo Menezes seguiu a determinação do governador Rui Costa e decretou hoje (28/02) a suspensão de todas...

Geraldo decide suspender expediente presencial na Câmara de Salvador por 48h

Diante da grave crise com o aumento do número de mortes na Bahia, o presidente da Câmara de Salvador, vereador Geraldo Júnior (MDB), publicará no Diário Oficial...

Operação prende dois por furto de energia em Sobradinho

Três pessoas foram presas no povoado Correnteza, zona rural de Sobradinho, durante a Operação Força do Rio, deflagrada, na sexta-feira (26), pela 17a Coordenadoria Regional de Polícia...