Prefeitura de Salvador bate recorde de investimento na área da saúde em 2020

O setor da saúde foi uma das áreas que obteve maior investimento por parte da Prefeitura de Salvador nos últimos anos. Em 2020, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, a administração seguiu com o processo de expansão do aporte na saúde, destinando mais de 22% do orçamento geral do município, ao mesmo tempo que deflagrou um grande volume de investimento para a construção da rede complementar temporária voltada para o enfrentamento à Covid-19.

Somente no ano passado, foram destinados R$ 291 milhões em suplementação da saúde com recursos próprios, número quase cinco vezes maior que o aplicado em 2012, quando foram aplicados pouco menos de R$ 52 milhões no setor prioritário. No acumulado dos últimos oito anos, município aplicou cerca de R$ 1,169 bi a mais do que o mínimo exigido constitucionalmente na saúde.

“Conseguimos manter o ritmo de expansão dos serviços básicos de saúde mesmo com a abertura de estruturas extras que tiveram que ser montadas por conta da pandemia. Isso atesta a grande capacidade administrativa da Prefeitura que conseguiu manter um elevado nível de investimento na ampliação dos serviços prioritários, simultaneamente a alocação de um grande volume de recursos que não estavam previstos por conta do coronavírus”, afirmou Leo Prates, secretário municipal da Saúde.

Avanços – Todo esse investimento aplicado pela gestão municipal possibilitou que Salvador figurasse como a capital brasileira que mais ampliou a cobertura da atenção básica, saltando do percentual de 18% – dezembro de 2012 – para a marca histórica de mais de 57% dos soteropolitanos assistidos pelos serviços primários.

Nos últimos oito anos foram construídas 45 novas unidades, além de 137 postos de saúde requalificados/ampliados, todos eles entregues à população totalmente equipados, com farmácias abastecidas, novos equipamentos e equipes completas. Também foram convocados mais de 5.400 novos profissionais nesse período.

Somente em 2020, foram investidos mais de R$ 23 milhões pelo executivo municipal para construção de onze novos postos de saúde, todos eles entregues à população totalmente equipados, com farmácias abastecidas, novos equipamentos e equipes completas. Além disso, outras duas unidades básica nos bairros de San Martim e Jardim das Margaridas seguem em obras aceleradas e devem ser entregues no primeiro semestre desse ano. Todo esse investimento possibilitou ainda a implantação de 255 novas equipes de saúde da família, que passou de 104 para 359 equipes completas.

Após superar Covid, cantor Flávio Camargo morre de pneumonia

Flávio Camargo morreu na última terça-feira (19). O cantor gospel, que tinha 33 anos, foi vítima de uma pneumonia. Em setembro do ano passado, ele foi internado...

Documentos antigos de veículos adquiridos até 2020 continuam valendo, esclarece Detran-BA  

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) esclarece que não houve mudanças na documentação e transferência de propriedade de carros e motos adquiridos até 2020. Continuam...

Sete de Abril: ação captura dupla de assaltantes com submetralhadora

Guarnições das 50ª e 47ª Companhias Independentes da Polícia Militar (Sete de Abril e Pau da Lima), além da Rondesp Central capturaram, na quarta-feira (20), uma dupla...

Prova de vida de aposentados do INSS é suspensa até fevereiro

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que não fizeram a prova de vida entre março de 2020 e fevereiro deste ano não...