Usuário do Preço da Hora Bahia pode fazer pesquisa remota em todo o estado

Está em Salvador, no interior da Bahia ou mesmo em outro estado ou país e precisa saber o menor preço de um produto comercializado em qualquer um dos 417 municípios baianos? A pesquisa pode ser feita em segundos por meio do aplicativo Preço da Hora Bahia. Gerenciado pela Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz-Ba), o aplicativo já conta com mais de 370 mil usuários e permite conferir os menores preços de todos os produtos comercializados pelo varejo em todo o Estado.

O Preço da Hora Bahia está disponível para download na Apple Store e no Google Play e também pode ser acessado pelo site precodahora.ba.gov.br. São mais de 500 mil produtos cujos preços são atualizados em tempo real a partir de informações extraídas das mais de 3,2 milhões de notas fiscais eletrônicas processadas diariamente pela Sefaz-Ba. “Esta é uma importante ferramenta disponível para quem estiver interessado por produtos comercializados na Bahia, onde o consumidor estiver”, afirma o secretário da Fazenda do Estado, Manoel Vitório.

“Mesmo morando em Phoenix, no Arizona, consigo saber os preços de produtos que costumava comprar em Salvador, quando ainda morava ai. É muito interessante e já usei para encontrar um produto mais em conta e facilitar a vida de uma pessoa da família que comprou e me enviou”, afirma Vitor Pontes. Já Avelino de Souza, que mora em Salvador, mas possui uma propriedade rural no sudoeste do estado, conta que já pesquisou os preços de arame farpado em muncípios da região, comparando os preços e optando pela compra em Guanambi.

Como pesquisar

Para realizar a pesquisa a distância, o usuário precisa acessar as três barrinhas horizontais no canto superior direito da tela inicial do aplicativo e clicar no item “Configurações”. Já na página acessada, é necessário desativar o botão de localização automática e preencher o formulário logo abaixo, sinalizando o estado da Bahia e selecionando a cidade escolhida para a pesquisa do item comercializado. Feito isso, basta que o usuário retorne à página de pesquisa, digite o nome do produto ou faça, com o celular a leitura do código de barras na embalagem.

Automaticamente, o aplicativo lista por ordem crescente (do menor para o maior), os preços praticados nos diversos estabelecimentos comerciais da cidade ou região pesquisada, já que o aplicativo também possibilita estabelecer um raio de abrangência de até 30 quilômetros de onde se localiza o usuário da pesquisa a partir do ponto central indicado.

“Não se trata de uma funcionalidade nova, mas é muito acessada pelos usuários, por isso é importante a orientação sobre como proceder nestes casos”, explica o diretor de Produção de Informações da Sefaz-Ba, Jadson Bitencourt. Segundo o diretor, quando o local de pesquisa é alterado, mudam também todas as demais facilidades ofertadas pelo aplicativo na tela inicial, a exemplo da busca por preços de combustíveis e medicamentos, que possuem canais de acesso direto da tela inicial.

Além de permitir a pesquisa para qualquer município do estado, o app traz uma série de outras funcionalidades. O usuário pode ver na tela o dia e a hora de realização da última venda da mercadoria, além de telefone e rota para se chegar ao estabelecimento onde ela está disponível, fazer listas de compras com seus produtos favoritos e checar o ranking dos melhores preços na região pesquisada.

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em abril

Trabalhadores informais nascidos em abril começam a receber hoje (13) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo...

RG Expresso vira principal forma de solicitar nova carteira de identidade

A pandemia do novo coronavírus ainda está em vigor e a recomendação é ficar em casa. Para quem precisa de uma nova carteira de identidade neste período,...

Dois suspeitos de envolvimento em latrocínio de policial na Santa Mônica são presos

Dois homens estão detidos sob suspeita de participação no latrocínio do policial civil Joel dos Santos de Jesus, 49 anos, morto na noite desta segunda-feira (12/04), no...

Registro de peixes no Rio Pinheiros cria esperança, diz especialista

Imagens de peixes nadando no Rio Pinheiros, no trecho próximo à ponte Cidade Jardim, na capital paulista, foram divulgadas nos últimos dias em redes sociais e pelo...