Marcelo Nilo fica em último lugar na disputa pela suplência da Mesa Diretora: “passou vergonha”

O deputado Marcelo Nilo, ainda no PSB, “passou vergonha” nesta quarta-feira (03/02) ao entrar na disputa por uma vaga na suplência da Mesa Diretora da Câmara Federal.

O parlamentar, que dizia ser o favorito para ocupar uma das secretarias, acabou levando um drible. Pior ainda: ficou em último lugar.

Alguns deputados, em conversa reservada com o Informe Baiano, lamentaram o “resultado desastroso”, que “pegou mal para a bancada baiana”.

“ALBa é uma coisa e Câmara Federal é outra. Bom que ele aprende”, ironizou um colega de Nilo.

Governo do Estado inaugura quadra poliesportiva em Coaraci

A quadra poliesportiva do município de Coaraci, no sul da Bahia, foi inaugurada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte...

“Nenhum jornalista pode ser constrangido a revelar a fonte”, diz ministro do STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, determinou em decisão liminar que as autoridades públicas no Espírito Santo abstenham-se de praticar atos que visem responsabilizar jornalistas...

Homem fica com aliança presa ao dedo e bombeiros são acionados

Um dedo inchado, um pouco ferido e uma aliança presa sem consegui ser retirada da forma tradicional. Foi nessa condição que um homem chegou ao quartel do...

Microempresas individuais puxam a criação de empresas em março

O mês de de março registrou a criação de 351.714 empresas no país, um aumento de 17,9% em comparação com igual período de 2020. A abertura das...