De malas prontas do DEM, Rodrigo Maia dispara contra ACM Neto: “fala uma coisa em off e em on fala outra”

“Deste partido eu não tenho mais como participar porque não acredito que esse governo tenha um projeto, primeiro, democrático e, segundo, de país. Continuo dizendo que o governo é um deserto de ideias. O DEM decidiu majoritariamente por um caminho, voltando a ser de direita ou extrema-direita, que é ser um aliado do Bolsonaro”, disparou o ex-presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, ao dizer ainda que foi ludibriado por ACM Neto.

“ACM Neto fala uma coisa em off e em on fala outra, diz que não apoia de jeito nenhum e ao mesmo tempo dá entrevista dizendo que pode ir do Ciro ao Bolsonaro. Mostra que não tem ou que perdeu a coluna vertebral”, afirmou ao Valor.

“Está no DNA dele, né? A direita está no DNA dele, mas sem o talento do avô e do tio, que nunca teriam feito o que ele fez, de participar de um acordo, ratificar esse acordo e depois comandar o caminho para uma neutralidade que era exatamente o que interessava ao governo. É óbvio que o avô e o tio nunca fariam isso de falar uma coisa e construir outra.”

Maia apontou também que só no último instante entendeu que estava sendo traído por ACM Neto.

“Pela relação de muitos anos, só percebi depois da reunião que foi feita comigo e com os líderes partidários antes da reunião do DEM, no domingo à noite. Do Caiado eu percebi antes. Ele dizia que não podia ficar contra mim de jeito nenhum… e nenhum voto dele vinha. A participação do Neto eu de fato só consegui acreditar no domingo. Ele veio na quarta-feira, para uma reunião comigo, o Caiado, o Rodrigo Garcia, e a gente fazendo parte daquele papelão. Não podia imaginar que um amigo de 20 anos ia fazer um negócio desses. Todo mundo dizia que ele tinha feito acordo. O Palácio dizia que ele tinha feito acordo, Ciro Nogueira dizia que o DEM ia ficar neutro e eu falava que não, que o Neto tinha me dito que não”, pontuou.

“Foi um processo muito feio do Neto e do Caiado. Ficar contra é legítimo, falar uma coisa e fazer outra não é legítimo. Não posso, depois de ter construído relação de confiança com muita gente, parecer que sou parte desse processo não da bancada, mas da direção, de não cumprir sua palavra. Falta caráter, né? Você falar uma coisa na frente e operar de outra forma, falta caráter”, concluiu Rodrigo Maia.

Saúde compra 20 milhões de doses da vacina indiana Covaxin

O Ministério da Saúde assinou nesta quinta-feira (25) contrato para compra de 20 milhões de doses da vacina Covaxin da Precisa Medicamentos/Bharat Biotech. O investimento total foi...

Recorde de mortes por Covid-19 no Brasil

O número de pessoas que não resistiram à covid-19 chegou a 251.498 nesta quinta-feira. Em 24 horas, foram registradas 1.541 mortes. Em contrapartida, 9.323.696 pessoas se recuperaram...

Bahia ganha do Santos e garante última vaga da Sul-Americana

O Bahia ganhou do Santos na noite desta quinta-feira (25/02) na Arena Fonte Nova e termina o campeonato brasileiro na 14a posição com 44 pontos. Com o...

Flamengo é octacampeão brasileiro

O Flamengo perdeu para o São Paulo no Morumbi na noite desta quinta-feira (25/02), mas graças ao empate do Inter diante do Corinthians, garantiu o título brasileiro....