Rondesp troca tiros com 12 bandidos e “matador” de Valéria cai no cartucho

Uma submetralhadora foi apreendida, no final da tarde de sexta-feira (12/02), com um traficante apontado como autor de assassinatos, no bairro de Valéria, em Salvador. Carregadores e munições também foram encontrados por equipes da Rondesp BTS e da 31a CIPM.

Os militares faziam ações preventivas contra organizações criminosas, no bairro de Valéria, quando localizaram cerca de 12 homens armados. Na tentativa de cerco, os traficantes atiraram e, após confronto, um deles acabou ferido.

O criminoso, que estava com uma submetralhadora calibre 9mm, carregadores e munições, foi socorrido para o Hospital do Subúrbio, mas não resistiu. Informações iniciais indicam que o resistente atuou nos assassinatos de rivais, nos últimos 15 dias, no bairro de Valéria.