MP recomenda fiscalização do toque de recolher em Feira de Santana

O Ministério Público estadual recomendou hoje, dia 22, ao Município de Feira de Santana medidas de fiscalização que garantam o respeito ao toque de recolher estabelecido por meio de decreto pelo Governo do Estado. Na recomendação, o promotor de Justiça Audo da Silva Rodrigues solicita ao prefeito Colbert Martins Filho que reestabeleça o monitoramento por geolocalização dos serviços de aparelho celular, com o objetivo de identificar o grau de isolamento social e os locais com maior índice de movimentação de pessoas na cidade. O Município tem 24 horas para informar ao MP sobre as medidas adotadas para cumprimento da recomendação.

Conforme o documento, o Município deve aplicar sanções administrativas aos estabelecimentos comerciais que desrespeitarem o toque de recolher, estabelecido a partir de hoje, entre as 20h e 5h com vigência até o próximo dia 28. O promotor destacou que houve “recente aumento no nível de ocupação dos leitos clínicos e de UTI dedicados à Covid-19 em Feira de Santana, com alcance da capacidade máxima em determinadas unidades”.

Governo entrega mais 10 mil máscaras para povos e comunidades tradicionais da Bahia

O Governo do Estado enviou, nesta terça-feira (23), 10 mil máscaras reutilizáveis de tecido para serem distribuídas a povos e comunidades atendidas pelos programas da Secretaria de...

Porto Seguro: Jânio Natal diz que será “forçado a acatar” decreto de Rui Costa e cita multa de R$300 mil

O prefeito de Porto Seguro, Jânio Natal, disse que será "forçado a acatar” o decreto de ‘lockdown’ do governador Rui Costa, embora não concorde. Do contrário, ele...

Saeb realiza leilão de bens públicos pela internet, inclusive veículos

A Secretaria da Administração vai realizar o Leilão 001/2021, nesta sexta-feira (26), para vender bens públicos avaliados em um montante de R$ 539,5 mil. No total, vão...

Nova linha de crédito da Caixa tem juros atrelados à poupança

A Caixa anunciou, hoje (25), a criação de uma nova linha de crédito imobiliário. O financiamento, que estará disponível a partir da próxima segunda-feira (1), terá taxas...