Britney Spears continua na luta para se ver livre do pai

O advogado de Britney Spears, Samuel Ingham, irá apresentar uma nova proposta no próximo mês para oficializar a substituição do pai, Jamie Spears, como seu tutor legal. A cantora continua empenhada em retirar do progenitor o controle da sua vida pessoal e financeira.

Numa audiência que aconteceu esta quarta-feira, em Los Angeles, Samuel Ingham, disse que pedirá que Jodi Montgomery – que em 2019 foi nomeada conservadora temporária dos assuntos pessoais da cantora – seja sua tutora permanentemente. A proposta será apresentada numa nova audiência a 27 de abril, como revelou a imprensa internacional.

Recorde-se que Jodi Montgomery – que é quem gere os cuidados com a cantora – assumiu o cargo de Jamie depois deste ter tido um problema de saúde.

Segundo o Daily Mail, Britney Spears deixou claro por meio do advogado, no ano passado, que não quer que o pai seja responsável pelos seus negócios, tendo uma fortuna avaliada em 60 milhões de dólares (cerca de 280 milhões de reais).

Em agosto do ano passado, já tinha sido feita uma proposta para afastar o progenitor, mas a mesma não deu resultado.

Jamie Spears foi nomeado como tutor da filha em 2008, depois de Britney ter sido hospitalizada para tratamento psiquiátrico após um esgotamento nervoso.

Jamie continua sendo o responsável legal no que diz respeito aos assuntos financeiros da filha, mas agora partilha as responsabilidades com a Bessemer Trust, uma instituição financeira.

Tema que foi recentemente destacado num documentário, ‘Framing Britney Spears’, que foi para o ar no passado mês de fevereiro. O mesmo fala também do movimento criado pelos fãs da artista, #FreeBritney, que pede a “libertação” da cantora. Isto porque acreditam que Britney é mantida prisioneira pelo pai.

Dezenas de fãs reuniram-se do lado de fora do tribunal, em Los Angeles, esta quarta-feira, enquanto decorria a audiência sobre a tutela da artista.

Últimas Noticias