Governo exonera diretor da Agência Nacional de Mineração ‘em virtude de renúncia’

O governo federal exonerou Eduardo Araújo de Souza Leão do cargo de diretor da Agência Nacional de Mineração (ANM), vinculada ao Ministério de Minas e Energia. A saída dele está formalizada no Diário Oficial da União (DOU) “em virtude de renúncia” e tem efeitos retroativos, contados a partir de 3 de março.

Eduardo Leão é engenheiro sanitarista e ambiental e foi nomeado no cargo em novembro de 2018, para um mandato de quatro anos, que terminaria em 2022.

Covid-19: DF amplia horário de abertura de bares e restaurantes

Novo decreto publicado hoje (13) pelo governador Ibaneis Rocha ampliou em uma hora o funcionamento de bares e restaurantes, bem como o horário permitido para venda de...

Ladrões capotam carro na Estrada Velha do Aeroporto e um é baleado

Dois ladrões que estavam roubando transeuntes na Estrada Velha do Aeroporto, imediações do bairro de Cajazeiras, foram surpreendidos por um policial que estava de folga, na manhã...

Perseguição em Amaralina e dois baleados

Dois homens foram presos, uma arma de fogo apreendida e um veículo recuperado por policiais militares da 40ª CIPM, na manhã desta terça-feira (13/04), no bairro de...

Comércio varejista cresce 0,6% em fevereiro, diz IBGE

O volume de vendas do comércio varejista cresceu 0,6% na passagem de janeiro para fevereiro. Segundo dados divulgados hoje (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística...