Covid no mundo – A verdadeira situação do Brasil

Atualizado com dados do dia 30/03/2021

Por: Vinícius Brandão, jornalista e empresário hoteleiro

Com o objetivo de esclarecer a real situação do Brasil em relação ao mundo sobre o Covid19, o grupo Empresários Unidos de Porto Seguro, juntamente com GTR Santa Cruz Cabrália, Unilíderes e Cabrália Convention, realizou uma pesquisa apurada em relação a quantidade de infectados, recuperados, curados e imunizados em todos os cenários possíveis que apresentam os dados positivos e negativos do país em relação aos demais. A intenção é apenas esclarecer e expor de forma transparente, sem posicionamentos ou enquadramentos políticos distorcidos, como tem se posicionado o Brasil em relação aos demais países.

Na data de hoje, 30.03.2021, o Brasil é o 2° país em número de infectados (12,60 milhões de casos), atrás dos EUA com 23,55 milhões de casos e à frente da Índia com 12,14 milhões de casos detectados.

Em contrapartida, é o 3° lugar em número de curados/recuperados (10,97 milhões de casos), abaixo da Índia com  11,43 milhões de curados e dos EUA com 23,55 milhões de curados.

Analisando os casos por número de habitantes, o Brasil aparece em 15° lugar em óbitos por Covid, atrás de países ou uniões federativas como República Checa (1°), Hungria (2°), Reino Unido (5°), EUA (10°), Portugal (11) e Espanha (12)  ainda assim, aprofundando mais os dados de falecimentos por complicações do covid19 por milhões de habitantes/dia, o Brasil aparece em 6° lugar no ranking com 2.634 óbitos, atrás de países como Hungria, República Checa e Bulgária. 

O Brasil teve 9,77% dos números de infectados no mundo, porém dos 103,71 milhões de curados (recuperados) alcançou 10,58% de resultado. Em contrapartida, 11,18% dos óbitos também foram no Brasil, com 314.268 mil mortes das 2,809 milhões que ocorreram. Ainda assim, em número de infectados por milhões de habitantes o Brasil teve a marca 60 infectados,  abaixo da China (20° lugar com 63 casos por milhão), Canadá (17°), Rússia (16°), Alemanha (15° com 33.414), Itália (11°), Reino Unido (9°), Espanha (8°), França (7°), Portugal (3° com 80.701), Israel (2° com 90.521) e EUA (1° com 93.476). 

O Brasil é o único país do mundo com mais de 200 milhões de habitantes (211 mi, censo 2019) que possui saúde pública e todos os cálculos são realizados com base em um número estatístico desatualizado em relação a população total do país que estima-se está próximo dos 230 milhões de habitantes. Continuando a análise desses cenários, com base no censo de 2019 em relação à população, podemos intensificar os dados com informações sobre perdas de vida por milhões de habitantes por conta do Covid, e mais uma vez o Brasil não aparece entre os primeiros 20 países, tendo 1,4 óbitos covid por milhões de habitantes, abaixo da China (20° com 3 óbitos p/ milhões de habitantes), Canadá (16° com 603), Israel (15° com 674), Alemanha (12° com 914 óbitos por milhões de pessoas), Suécia (8° com 1324), França (7° com 1458), Espanha (6° com 1610), Itália (3° com 1803), Reino Unido (2° com 1859) e Bélgica (1° com 1971).

No quesito vacinas, o Brasil é o 4° país do mundo em número de imunizados com 21,78 milhões de doses aplicadas, abaixo apenas do EUA (1° com 145 milhões de doses aplicadas), Índia (2° com 110,96 milhões ) e China (3° com 61,11 milhões). O Brasil cai de 4° lugar para 5° se incluirmos a união de federações e países do Reino Unido [Escócia, País de Gales e Inglaterra], com 34,12 milhões de doses aplicadas.

A análise de forma imparcial deu-se com base nas Fontes: Johns Hopkins University, ECDC (Our World in Data) e Consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. Agora você, caro leitor, tire as suas conclusões pessoais com base em dados e não em opiniões. Busque a informação de forma clara e transparente, sem enquadramentos e posicionamentos políticos, contrariando os principais veículos de comunicação que tendem a distorcer os dados apresentando apenas o conteúdo negativo.

Últimas Noticias

Recuperação da BA-411 beneficiará 97 mil moradores de Barrocas e Serrinha

O acesso a Barrocas, na região do Sisal, será restaurado e pavimentado pela Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra)....