Lauro de Freitas: Prefeitura envia PL à Câmara para retomar entrega de kits alimentação aos estudantes

(31), o Projeto de Lei nº 33/2021 de autoria do Executivo municipal, para retomada da entrega de kits alimentação a todos os estudantes matriculados na rede municipal de ensino de Lauro de Freitas. Na primeira etapa de distribuição, realizada pela Prefeitura entre os meses de março e dezembro de 2020, foram entregues 224 mil kits aos 28 mil estudantes da rede.

Após a aprovação do PL pela Câmara de Vereadores, a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) vai divulgar em detalhes o calendário e a logística que deverá ser adotada para a entrega dos kits destinados às crianças matriculadas em creches e pré-escola, além de estudantes do fundamental I e II e alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), a totalidade, portanto, dos alunos matriculados na rede pública municipal de ensino.

Assim como realizado na primeira etapa, para evitar aglomerações de pais e responsáveis nas unidades de ensino, a SEMED vai escalonar a distribuição por turmas, garantindo o cumprimento dos protocolos de combate a proliferação do coronavírus, como o distanciamento de 1,5 metros e o uso de máscaras. A ação contará com o apoio da Polícia Militar da Bahia, Guarda Municipal e agentes da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP).

Com as aulas presenciais ainda suspensas por conta do agravamento da pandemia do novo coronavírus, a distribuição dos kits colabora com a segurança alimentar dos estudantes. Em muitos casos a merenda escolar é a principal fonte de alimentação deste público, e a privação dos alimentos poderia agravar ainda mais o quadro social atual e o problema da emergência de saúde pública enfrentada pelo Brasil.

Aulas remotas

Com a suspensão das aulas presenciais para evitar a proliferação do coronavírus, os alunos da rede municipal retornaram às atividades de forma remota em 1º de março. As aulas estão sendo transmitidas pela TV Kirimurê, no canal 10.3 da tevê digital aberta. Em paralelo às aulas televisionadas, os estudantes estão recebendo cadernos de atividades elaborados pelas equipes SEMED, para que as unidades escolares possam acompanhar o desenvolvimento dos alunos em relação ao conteúdo veiculado.

As aulas são transmitidas de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h, das 14h às 17h e das 19h às 21h, com conteúdo gratuito elaborado pelo projeto “Vamos Aprender”, uma parceria técnica entre gestores de educação, instituições da sociedade civil e de aprendizagem remota de todo o Brasil.

A partir de maio, além das aulas remotas pela TV, serão implantadas aulas interativas com os tablets que serão distribuídos para alunos e professores. E assim que for permitido o retorno das aulas presenciais, os alunos poderão participar de um sistema híbrido: presencial e virtual.

Depósito de drogas é localizado em Feira de Santana

Cocaína, maconha, embalagens e balanças foram apreendidas em um imóvel abandonado, no bairro Mangabeira. Equipes da 2ª DT também flagraram um casal de traficantes em Feira VII Policiais...

Toque de recolher é antecipado nas regiões de Guanambi e Brumado

A restrição de locomoção noturna será antecipada nas regiões de Guanambi e Brumado a partir desta quarta-feira (14). A permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais...

Assaltante pego com a boca na botija em Barreiras

O homem foi encontrado no estabelecimento, em Barreiras, por guarnições da 84ª CIPM, na noite de segunda-feira (12). Equipes da 84ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) localizaram...

Olavo de Carvalho é hospitalizado nos EUA por problemas respiratórios

Nesta terça-feira (13), o escritor Olavo de Carvalho foi internado às pressas em um hospital de Richmond, no estado de Virginia, nos Estados Unidos, com problemas respiratórios. A...