Projeto tramita na Câmara para ofertar programa de saúde nas creches municipais de Salvador

As crianças com idades entre dois e cinco anos que estão matriculadas nas creches municipais ou conveniadas à Prefeitura de Salvador poderão ser assistidas por profissionais dos postos de saúde através de um programa voltado para acompanhamento, prevenção e combate de doenças para esse público. Um projeto de lei tramita na Câmara Municipal de Vereadores e será apreciado em plenário em breve.

O titular da proposta e vereador Átila do Congo (Patriota), afirma que é mais uma forma de emponderar as crianças e famílias e proporcionar o desenvolvimento saudável desde cedo. “Os pais de alunos trabalham o dia todo e nem sempre conseguem folgas para levar seus filhos em consultas médicas, especialmente a pediatras. A ideia é descentralizar mais ainda o Sistema Único de Saúde (SUS) com a ação extra muro para beneficiar as crianças com qualidade na assistência à saúde”, disse.

De acordo com o texto, o acompanhamento de prevenção continuada, será possível impedir o acometimento de doenças mais graves.

O Programa Saúde na Escola (PSE) do Ministério da Saúde já contempla crianças e adolescentes de colégios das redes estaduais e municipais em todo o país, a ideia é trazer o serviço também para as creches através da Atenção Básica, porta de entrada para tratamento de doenças de forma preventiva, desafogando outros níveis de atenção à saúde, como emergências e hospitais.

Caso aprovado, o projeto seguirá para sanção do prefeito Bruno Reis (DEM) e articulação com a Secretaria Municipal da Saúde.

Últimas Noticias

SEC realiza inscrições para e-book Destaque Paulo Freire sobre boas práticas nas escolas

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) está mobilizando as escolas da rede estadual de ensino para...