Movimentação econômica de Salvador caiu 3% em fevereiro

Em fevereiro de 2021, O Índice de Movimentação Econômica de Salvador (IMEC-SSA) calculado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan), retraiu 3%, na comparação com o mês imediatamente anterior (série com ajuste sazonal), após contabilizar expansão de 6,3% no mês de janeiro de 2021. Essa é a primeira taxa negativa registrada pelo indicador em 2021, acumulando um ganho em torno de 3,0%.

A desaceleração do mês de fevereiro foi acompanhada por três das seis variáveis que compõe o indicador, com destaque para Passageiros no Aeroporto Internacional de Salvador (-9,0%), Consumo energia elétrica (-8,4%), e Consumo de combustível (-3,5%). Em contrapartida, Passageiros de ônibus intermunicipais (6,8%), Passageiros de ônibus urbanos (1,5%), e Carga portuária (0,3%) avançaram. O mês de fevereiro foi marcado pelo cancelamento das festas populares, o carnaval, a ausência do auxílio emergencial e aumento da inflação, sobretudo de preços de combustíveis.

Seguindo a mesma trajetória, o indicador diminuiu 19,0% quando comparado com o mês de fevereiro de 2020. No primeiro bimestre, já acumula queda de 14,0%, acumulando nos últimos 12 meses arrefecimento de 28,3%.