FCO liberou mais de R$ 123 milhões a produtores rurais e empreendedores em 2021

No primeiro trimestre deste ano, produtores rurais e empreendedores da Planície Pantaneira, no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, fizeram financiamento de R$ 123,5 milhões de recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO). Foram 219 contratações no período. O dinheiro está sendo utilizado para a recuperação de propriedades e negócios atingidos pela estiagem e pelos incêndios florestais ocorridos no ano passado.

“O fundo é um instrumento da política de desenvolvimento regional e vem demonstrando excelentes resultados na Planície Pantaneira. Nós já conseguimos atingir mais de 70% dos recursos contratados apenas nos primeiros três meses do ano, o que corresponde a mais de R$ 123 milhões em recursos oferecidos aos produtores rurais e aos empresários da região. Isso demonstra a importância desse fundo para a retomada das atividades econômicas”, explicou a coordenadora geral de Gestão de Fundos e Promoção de Investimentos da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), Luciana de Sousa Barros.

Segundo a Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste, no fim de 2020, o Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Condel) aprovou R$ 180,5 milhões do FCO para apoiar a retomada econômica da Planície Pantaneira. Até o momento, 68,5% do recurso foi contratado para a recuperação de propriedades rurais e manutenção e capital de giro para as atividades de comércio, serviços, turismo e indústria.
FCO

Como destacou a coordenadora da Sudeco, o FCO atende os estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás e o Distrito Federal. Ele oferece condições diferenciadas e favorecidas de taxas de juros, melhores prazos de pagamento e maior carência.

Os beneficiários do FCO são produtores rurais e pessoas jurídicas, além de cooperativas de produção que desenvolvam atividades produtivas nos setores industrial, agroindustrial, comércio, serviço, turismo e infraestrutura. Hoje, o FCO atua com quase 80% dos recursos a tomadores de menor porte. O valor máximo que o Fundo financia é de R$ 20 milhões.

Mais de 3,9 mil empregos serão promovidos no interior da Bahia

Investimentos previstos em mais de R$ 3,7 bilhões serão aplicados nas implantações de seis unidades industriais em cinco municípios baianos. Juntas, as empresas devem gerar mais de...

Pelo segundo ano consecutivo, HGE tem o maior número de cirurgias bucomaxilofacial do país

Com um total de 597 procedimentos realizados em 2020, o Serviço de Cirurgia Bucomaxilofacial do Hospital Geral do Estado (HGE) alcançou, pelo segundo ano consecutivo, o primeiro...

Indústria baiana gera 18,2 mil empregos no primeiro quadrimestre de 2021

De janeiro a abril desse ano o setor industrial da Bahia gerou 18,2 mil empregos. Somente no mês de abril, o saldo positivo foi de 1,6 mil...

DT de Porto Seguro prende dois por roubo em residência

Equipes da 1ª Delegacia Territorial (DT) de Porto Seguro cumpriram, na última quarta-feira (23), mandado de prisão preventiva contra um homem de 26 anos, suspeito de ser...