Bebe da lata? Estudo encontra efeito secundário importante

Um grupo de cientistas descobriu que o alumínio que ingerimos, como acontece quando bebemos de uma lata, pode levar a danificar a função cognitiva a longo prazo.

O estudo procurou entender como a exposição ao alumínio pode afetar a predisposição genética a doenças relacionadas à demência. Para isso, examinaram a presença de alumínio no cérebro de doadores com histórico familiar de Alzheimer.

Após análise, os investigadores descobriram que o alumínio estava presente nas mesmas áreas do cérebro que as proteínas que aparecem nos estágios iniciais do Alzheimer. O estudo também descobriu que o próprio alumínio pode desempenhar um papel na formação dessas junções de proteínas e placas que precedem o início do Alzheimer.