Ataque LGBTQIAfóbico: idoso tenta atropelar conselheiro tutelar e ameaça com facão no Cabula

Nesta segunda-feira (17/05), Dia Internacional contra a Homofobia, o Informe Baiano apresenta um triste relato de mais um crime gratuito em Salvador. O conselheiro tutelar Alex Teles sofreu um ataque LGBTQIAfóbico de um vizinho, que após uma tentativa de atropelamento, tentou agredi-lo com um facão, na manhã de domingo (16/05). A denúncia foi feita ao Informe Baiano pelo Renildo Barbosa, coordenador do Centro de Promoção e Defesa dos Direitos LGBT da Bahia (CPDD-LGBT).

Em um vídeo gravado pela vítima, o acusado, que é um idoso que aparenta ter mais de 80 anos, surge com um facão na mão. Ele ofende Alex e aponta a arma branca. Um vizinho pede calma.

Conforme Renildo, o conselheiro foi orientado pela equipe técnica e já registrou queixa para andamento do caso na justiça. Renildo afirmou ainda que já acionou a promotora Márcia Teixeira, a Secretaria de Segurança Púbica e Kaio Macedo, da SJDHDS para acompanhar o caso. Além do apoio jurídico, o núcleo psicológo segue acompanhando Alex e sua família.

Ainda na tarde de domingo (16/05), Renildo Barbosa e Higor Cataldo estiveram na casa da vítima. O coordenador do CPDD disse que é “inadmissível uma situação dessa e não podemos deixar que seja mais um caso sem apuração”.

“Já iniciamos o acompanhamento para dar todo suporte para a vítima. O nosso compromisso é a solidariedade à família, que é primordial”. O caso foi registrado na 11ª Delegacia Territorial/Tancredo Neves.

Casarão da Diversidade inicia as atividades em Salvador