Prefeita cobra direito à aquisição de vacinas e destaca ações de combate a pandemia em Lauro de Freitas

“Precisamos do direito de comprar a vacina para garantir celeridade na imunização da nossa população”, destacou a prefeita Moema Gramacho durante participação em live sobre ações e desafios na gestão municipal durante a pandemia, do programa Pauta Brasil, na tarde desta segunda-feira (31). O encontro virtual contou com a participação da prefeita de Juiz de Fora, Margarida Salomão, e foi mediado pelo diretor da Fundação Perseu Abramo, Joaquim Soriano. 

O pedido da gestora se dá a partir da demora no envio das doses por parte do governo federal. Segundo Moema, Lauro de Freitas imunizou 20% da população com a primeira dose e 10% com a segunda. “Já vacinamos todas as comorbidades, os profissionais de saúde e nesta terça vamos vacinar profissionais de comunicação que tanto têm contribuído para informar sobre a Covid”.

Em meio à pandemia, o Pronto Atendimento Santo Amaro de Ipitanga, referência no atendimento à Covid, realizou mais de 40 mil atendimentos em um ano. O município também realizou testagem em massa em todos os bairros da cidade através de barreiras sanitárias e da carreta batizada de ‘Laurona’.

Além disso, o município foi pioneiro na busca ativa casa a casa, realizada pelos agentes comunitários, e por meio eletrônico. Ações de desinfecção nas ruas da cidade e uma força-tarefa de fiscalização para o cumprimento dos decretos fazem parte do pacote de medidas preventivas.
 
“Foram mais de 80 decretos no período, com medidas para conter o avanço da Covid-19”, explicou a gestora.

Na contramão da crise impulsionada pela pandemia, Moema citou que Lauro de Freitas continuou com as obras estruturais para melhorar a qualidade de vida dos munícipes, a exemplo da obra de Macrodrenagem do Rio Ipitanga, em parceria com o Governo do Estado, que capta água de chuvas e durante a estiagem garante lazer da população e tem como foco acabar com os alagamentos da cidade. 
 
As ações na área da educação, uma das mais afetadas pela pandemia, também ganhou prioridade. “Disponibilizamos o kit alimentação para 28 mil estudantes da rede municipal de ensino e agora vamos entregar tablets para alunos e professores para que possam, além de acompanhar as aulas pela TV aberta, fazer aula interativa”, contou. 

A gestora parabenizou o papel desempenhado por outros prefeitos, principalmente aqueles que administram municípios pequenos, a necessidade de fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS) e o trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde, que atuam na linha de frente da pandemia. 
Inovação 

Lauro de Freitas vai implementar o programa Cidade Solidária e Sustentável, para tentar retomar a economia, mesmo com o distanciamento social. Como forma de incentivar o comércio local, o município pretende adotar o programa Credicesta, com cartão de crédito para compras na cidade, além de linha de créditos exclusivas para pequenos empresários e microempreendedores Individuais (MEI). O programa será lançado no próximo dia 08 de junho.

Municípios de Guanambi, Candiba e Pindaí são orientados a proibir realização de festejos juninos

O Ministério Público estadual, por meio da promotora de Justiça Tatyane Miranda, recomendou aos Municípios de Guanambi, Candiba e Pindaí que proíbam a realização de festejos juninos...

Saúde investe meio milhão de reais em requalificações do Samu Salvador em 2021

O período de pandemia exigiu ainda mais dos esforços do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Salvador para obter resolutividade satisfatória nos atendimentos de rotina e...

Receitas juninas: confira opções imperdíveis para fazer em casa

Pelo segundo ano, as festas juninas foram canceladas por causa da pandemia, mas não quer dizer que as comidas típicas não podem ser preparadas. Por isso, a...

Especialistas recomendam vacinas contra doenças mais comuns no inverno

O efeito do clima frio e seco nas mucosas do sistema respiratório e a convivência em ambientes mais fechados estão entre as razões que fazem do inverno...