Procon-BA notifica iFood e investiga prática abusiva no aplicativo

A Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA) notificou, na última segunda-feira (7), o fornecedor “iFood.com Agência de Restaurantes Online S.A.” para investigar o cometimento da prática abusiva conhecida como “venda casada”.

Chegou ao conhecimento do órgão fiscalizador que o aplicativo iFood, no oferecimento de produtos realizados em sua plataforma virtual, estipulava valor mínimo para aquisição destes, ou seja, imputava ao consumidor a compra de uma quantidade acima do que era desejado.

O Código de Defesa do Consumidor proíbe o fornecedor de, sem justa causa, impor limites quantitativos de contratação. Tal prática abusiva é popularmente conhecida como “venda casada”.

O fornecedor deverá prestar esclarecimentos ao órgão da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) sobre quais as justificativas para a imposição de “pedido mínimo” nas compras realizadas junto a fornecedores cadastrados no aplicativo e quais as regras contratuais estabelecidas aos fornecedores situados na Bahia, em relação à oferta de produtos e serviços, dentre outros questionamentos e pedido de apresentação de documentos.

O fornecedor recebeu um prazo de 15 (dias para responder e apresentar os documentos ao órgão fiscalizador.  Se autuado o iFood responderá a processo administrativo, podendo sofrer multas e sanções, de acordo com as regras estabelecidas no Código de Defesa do Consumidor.

As denúncias ao Procon podem ser feitas através do aplicativo PROCON BA MOBILE ou pelo e-mail: denuncia.procon@sjdhds.ba.gov.br.

Dupla é presa após assalto em salão de beleza no município de Valente

Em uma ação rápida, policiais da 15ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Serrinha) e das Delegacias Territoriais de Valente e de Retirolândia prenderam uma dupla de...

Gêmeos prende dois assaltantes de ônibus e recupera 11 celulares

Dois assaltantes de ônibus foram capturados, logo após o crime, na tarde deste sábado (12), por equipes da Operação Gêmeos da Polícia Militar. Onze celulares das vítimas...

Vigilância Sanitária aplica multa de R$ 10 mil em festa clandestina em Caetité

Na madrugada deste sábado (12), agentes fiscalizadores da Vigilância Sanitária de Caetité (VISA) receberam a denúncia de que uma festa de aniversário acontecia na comunidade de Cachoeirinha,...

Bahia fecha com a União primeiro acordo com apoio do Centro de Mediação e Conciliação do STF

O Estado da Bahia firmou com a União o primeiro acordo com apoio do Centro de Mediação e Conciliação (CMC) do Supremo Tribunal Federal (STF). O compromisso...