Governo baiano lança cartilha: “Fui Vítima de LGBTfobia: o que fazer?”

O Governo do Estado disponibiliza, no site da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (bit.ly/3wgGYJv), a cartilha “Fui Vítima de LGBTfobia: o que fazer?”. A cartilha apresenta informações e instruções para pessoas LGBTQIA+ que sofrem ou já sofreram algum tipo de violência LGBTfóbicas.

Segundo o coordenador LGBT da SJDHDS, Kaio Macedo, a ideia da cartilha surgiu durante o Maio da Diversidade. “Percebemos que essa parcela da população desconhece os seus direitos e não tem acesso à justiça. A cartilha traz os avanços que conquistamos, a nossa rede de proteção e promoção dos direitos, que atende as pessoas que sofreram violência LGBTfóbica, além de orientações pós violência”, explica Kaio.

Na cartilha, os cidadãos e cidadãs têm acesso a informações sobre os tipos de violências e violações de direitos sofridas pela população LGBTQIA+, assim como contatos e formas de denúncias de cada órgão da rede de proteção, a exemplo do Centro de Promoção e Defesa dos Direitos LGBT (CPDD-LGBT), Conselho LGBT da Bahia, Ouvidoria Geral do Estado (OGE), Secretaria da Segurança Pública (SSP) e Defensoria Pública (DPE).

“Vejo essa cartilha como uma arma importantíssima na luta em defesa da comunidade LGBTQIA+ e no combate à LGBTfobia, que está tão presente, infelizmente, em nosso país. Com essa cartilha, podemos criar uma rede de amparo onde as informações serão difundidas para que mais pessoas saibam como denunciar”, comemora o produtor cultural Roberto Júnior.

A LGBTfobia é um conceito que abrange diversas formas de violência contra pessoas que não são heterossexuais ou cisgêneras, seja verbal, física ou psicológica. Em 2019, o Supremo Tribunal Federal (STF) criminalizou o preconceito contra homossexuais e transexuais, equiparando crimes de LGBTfobia ao de racismo. Ou seja, atos de violências contra pessoas LGBTQIA+ devem ser enquadrados de acordo com a Lei no 7.716, de 5 de janeiro de 1989.

Alison dos Santos quebra o recorde sul-americano e está na final dos 400m com barreiras

Era preciso chegar entre os dois primeiros na bateria para garantir uma vaga na final dos 400m com barreiras, e foi isso que Alison dos Santos fez....

Simões Filho recebe novas doses de vacina contra Covid-19; confira programação de vacinação

A Prefeitura de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS), recebeu mais um lote de vacinas contra a Covid-19. As novas doses reforçam as atividades do Plano...

Motorista bêbado atropela ciclista e oferece R$5 mil para evitar polícia

Um ciclista foi atropelado na manhã deste sábado (31/07), em Belo Horizonte, no estado de Minas Gerais, e uma situação foram do comum repercutiu. O caso aconteceu...

Bruno Fratus conquista a medalha de bronze nos 50m livre nos Jogos Olímpicos

O nadador Bruno Fratus encerrou a participação da natação brasileira nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 com mais um pódio. O brasileiro terminou em terceiro lugar nos 50m...