Grêmio perde para o Juventude e segue afundado na lanterna e sem vencer

Persiste o calvário do Grêmio no Brasileirão. O time tricolor visitou o Juventude no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, nesta quarta-feira, e voltou para casa com um novo revés, desta vez por 2 a 0. Continua sem vencer após seis jogos e afundado na lanterna. Os atacantes Paulinho Boia e Matheus Peixoto marcaram os gols da tranquila vitória dos anfitriões.

O Grêmio tem apenas dois pontos somados no Brasileirão, fruto de empates com Santos e Fortaleza. Nos outros quatro duelos, saiu de campo derrotado, como hoje. É certo que tem dois jogos a menos que a maioria de seus adversários, mas a essa altura já nem consegue pensar em brigar pelo título, já que está muito distante dos líderes e sequer conseguiu triunfar por enquanto.

+ Câmera flagra vulto rondando berço de crianças
O Juventude, por outro lado, vive uma boa fase. Está há quatro partidas sem perder e conseguiu três vitórias nesse período. Duas sobre adversários fortes. O Grêmio, nesta quarta, e o Flamengo, um dos postulantes ao título. A equipe alviverde subiu para o sexto lugar, com 12 pontos.

O primeiro tempo no Alfredo Jaconi opôs um Grêmio que trocou muitos passes, ficou bastante com a bola, mas não soube muito o que fazer com ela. Rodou, rodou e não foi capaz de encontrar espaços na defesa do Juventude, que apostou na velocidade como estratégia para atacar. Em uma das escapadas, abriu o placar com Paulinho Boia.

Aos 27 minutos, o jovem atacante, ex-São Paulo, limpou para a perna direita e mandou da entrada da área no canto esquerdo de Gabriel. Um lindo gol que deixou o Juventude confiante e o Grêmio, atordoado. A equipe tricolor sentiu, até pelo momento ruim que vive, e quase viu o rival ampliar o placar. O Grêmio, no primeiro tempo, viveu de finalizações de Douglas Costa, mas o camisa 10 não estava inspirado.

Arthur Dallegrave/ECJuventude

No segundo tempo, Tiago Nunes abriu a equipe ao lançar mão do meio-campista Jean Pyerre e dos atacantes Luiz Fernando e Ricardinho. A equipe melhorou, ocupou o campo ofensivo, conseguiu criar duas possibilidades de gol, mas não aproveitou nenhuma delas e, para piorar, dava espaços para o Juventude contragolpear e tentar matar o jogo.

Os anfitriões encontraram muitos espaços na zaga do rival e tiveram três chances para ampliar com Matheus Peixoto, Wescley e Chico. Gabriel Chapecó apareceu para salvar o Grêmio nas três tentativas, mas nada pôde fazer quando Matheus Peixoto aproveitou o vacilo de Paulo Miranda, que recuou mal sem olhar, e bateu no canto direito do goleiro.

O atacante fez seu décimo gol em 22 jogos pelo Juventude, é o goleador do time na temporada e o vice-artilheiro do Brasileirão, com cinco bolas na rede, apenas um atrás do Gilberto, do Bahia.

Três mitos sobre a canela, a especiaria poderosa com inúmeros benefícios

É um dos alimentos chave das dietas. São associados múltiplos benefícios para o bem-estar e para a saúde. Porém, também lhe sãoa atribuídos muitos mitos. Falamos da...

Começam segunda-feira (26) inscrições para exame de certificação de estudantes concluintes do Ensino Médio de 2020

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia realizará, a partir desta segunda-feira (26), as inscrições para os exames de certificação dos alunos concluintes 2020 do Ensino...

Atlético-MG vence o Bahia e segue na cola da liderança

O Atlético-MG chegou a sua sexta vitória consecutiva no Brasileirão Assaí. Neste domingo (25), pela 13ª rodada da competição, o Galo derrotou o Bahia por 3 a...

Flamengo goleia o São Paulo de virada pela 13ª rodada do Brasileirão

Segundo tempo avassalador no Maracanã! Neste domingo (25), Flamengo e São Paulo se enfrentaram no Rio de Janeiro, pela 13ª rodada do Brasileirão Assaí, e balançaram as...