Salvador e Porto Seguro recebem voo inaugural da Ita Transportes Aéreos

Guarulhos, Salvador e Porto Seguro estão ligados pelo novo trecho da ITA Transportes Aéreos, companhia do Grupo Itapemirim que estreou no mercado doméstico. O voo Guarulhos-Salvador-Guarulhos será diário, com escala em Porto Seguro tanto na vinda quanto na volta a São Paulo. Um receptivo da Secretaria de Turismo do Estado (Setur), composto por baianas e com a presença do secretário do Turismo, Maurício Bacelar, recebeu os passageiros do voo inaugural no Aeroporto Internacional de Salvador, nesta quinta-feira (1º).

Na ocasião, Bacelar destacou que a conectividade é primordial para o desenvolvimento do turismo e que São Paulo é o maior emissor de turistas para a Bahia, seja a negócios ou a passeio. “A concorrência é virtuosa, porque pode ter reflexo no preço dos bilhetes aéreos”.

Foto: Camila Souza

Para o secretário, a expectativa é de que a Bahia continue recebendo novos voos. “Companhias como a Azul, a Gol e agora a Itapemirim têm colocado muitos voos para Salvador. Nós somos hoje uma capital que tem ligações com todas as outras capitais do Nordeste, com todas as regiões do País, e isso melhora muito a acessibilidade ao nosso estado”, afirmou.

O diretor comercial da Ita, Fabiano Oliveira, explicou os motivos que trouxeram a empresa para a Bahia, mais especificamente para Porto Seguro e Salvador. “São cidades extremamente importantes para o País e atendem muito à parte turística. Foi uma decisão da Ita iniciar por essas duas cidades para poder fazer já um grande atendimento para o estado. A Ita vem para democratizar todo o processo, turismo, negócio, corporativo, todo processo vai ser atendido por nós”.

Segundo Fabiano, a companhia aposta no período pós pandemia para a expansão dos negócios. “Passamos por um período muito difícil, ainda estamos em um processo de recuperação. Com a vacina, a gente acredita muito que a pandemia vai entrar em um nível controlado. Então, a Itapemirim acredita demais nesse processo e vem exatamente num momento em que a curva [do turismo] tende a subir e a gente tem condição de operar”, disse.

O construtor Ricardo Xavier, que mora nos Estados Unidos, participou do voo inaugural da Itapemirim e elogiou a iniciativa da empresa. “Sempre que você tem uma empresa nova, a concorrência aumenta. Então, os preços tendem a diminuir e a qualidade tende a subir, porque quem não tem qualidade não se estabelece”.

O Grupo Itapemirim atua há 67 anos no mercado de transporte brasileiro, sobretudo no ramo rodoviário, com a Viação Itapemirim, além de investir no segmento ferroviário e em transporte urbano. A regularização da entrada no setor aéreo, com a Itapemirim Transportes Aéreos (ITA), ocorreu em 2020.

O primeiro voo da empresa foi realizado no dia 29 de junho de 2021, entre Guarulhos e Brasília, com renda revertida para instituições beneficentes. A ITA promete, até junho de 2022, atender 35 destinos em sua malha. A meta a longo prazo são 110 aeroportos em todo o Brasil. A companhia não cobrará pela primeira bagagem despachada, até 23 quilos, e pretende, em um ano, ter um sistema único de reservas, de rodoviário mais aéreo.

Médico acusado de tentar matar ex-companheira em Jardim Armação tem prisão solicitada

O Ministério Público estadual, por meio do promotor de Justiça Davi Gallo, requereu nesta quarta-feira (04/08), à Justiça a decretação da prisão preventiva do médico Rodolfo Cordeiro...

Presente do Dia dos Pais pode trazer sorte na Nota Premiada Bahia

Os presentes de Dia dos Pais podem resultar em prêmios em dinheiro para os participantes da Nota Premiada Bahia. Os consumidores cadastrados no site www.notapremiadabahia.ba.gov.br que inserirem...

Bahia registra 1.906 novos casos de Covid-19 e mais 28 óbitos pela doença

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.906 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.058 recuperados (+0,2%). O boletim epidemiológico desta quarta-feira (4)...

Dólar cai para R$ 5,18 em dia de decisão do Copom

Num dia de expectativa com a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), o dólar teve leve queda, depois de subir para R$ 5,24 no início da...