Jequié: dupla falsificava documentos para abrir contas bancárias digitais

Dois criminosos que aplicavam golpes financeiros foram capturados, na terça-feira (06/07), por equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Central, no município de Jequié, após denúncias.

“Recebemos a informação de moradores sobre esses suspeitos. Fomos até o local informado, onde flagramos eles com diversos documentos falsificados”, disse o comandante da Cipe Central, major Ricardo Silva.

Segundo o titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) de Jequié, delegado Ivan Lessa, a dupla conseguia informações de dados cadastrais pela internet, como CPF, e depois falsificava os documentos.

“Em seguida eles buscavam bancos digitais e apresentavam propostas para aberturas de contas bancárias na tentativa de conseguirem créditos. Isso foi o que levantamos nesse primeiro momento. Confirmaram que alcançaram algumas contas e que, segundo eles, tiveram ganho de pouco mais de R$ 3 mil”, disse o delegado.

Ainda conforme Lessa, as investigações estão no início e novas diligências e contatos – incluindo com o Banco Central – serão realizados. “Agora vamos destrinchar para saber quantas contas bancárias foram abertas e se abriram crediários ou créditos em estabelecimentos comerciais em Jequié. Há toda uma cadeia investigativa para ser feita”, completou.

Com eles – autuados pelo crime de falsificação de documento público em concurso de pessoas – a Cipe Central apreendeu, além dos documentos falsos, um notebook e uma impressora – usados para a falsificação das documentações -, cópias de propostas em branco, cédula de identidade em branco, 20 aparelhos celulares, 35 chips telefônicos, um carro modelo Pajero Dakar e uma motocicleta Honda/CG 160 Fan.