Rodoviários anunciam paralisação nesta sexta-feira e Semob monta operação emergencial

Após anúncio de paralisação dos rodoviários da antiga CSN, marcada para o início da manhã desta sexta-feira (9), das 4h às 8h, a Secretaria de Mobilidade (Semob) preparou uma operação emergencial para garantir o atendimento dos usuários do transporte coletivo da cidade. Os rodoviários irão se reunir em assembleia nesse horário, atrasando a saída dos coletivos das garagens.

A operação contará com veículos da OTTRANS, Plataforma e do Transporte Complementar (STEC), os amarelinhos, que irão atuar em linhas operadas pela Prefeitura. Ao todo, 47 linhas serão afetadas com a paralisação, que atendem a região da Estação Mussurunga, Orla e Centro. Ônibus da concessionária OTTRANS irão circular em 13 linhas, a maioria na Estação Mussurunga. Os veículos da Plataforma ficarão com 11 linhas e os amarelinhos, sete linhas.

Dezessete linhas serão suspensas, porém, os usuários poderão integrar com outra linha ou com o metrô. Agentes de trânsito e transporte e prepostos das empresas estarão nos principais pontos para orientar os usuários. Após a finalização da assembleia dos rodoviários, a operação será normalizada.

Copom inicia quinta reunião do ano para definir juros básicos

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) começa hoje (3), em Brasília, a quinta reunião do ano para definir a taxa básica de juros,...

Fotógrafo é agredido e tem equipamento roubado na Avenida Sete Portas

Foto: arquivo pessoal O fotógrafo Arisson Marinho, do jornal Correio, foi agredido e roubado por cerca de quatro criminosos, na noite de segunda-feira (02/08), na Avenida Sete Portas,...

Pequenos negócios respondem por 72% dos empregos gerados no país

Os pequenos negócios apresentaram um saldo positivo de 2.094.812 empregos com carteira assinada, o que significa 71,8% das vagas criadas no país. Número quase três vezes superior...

Pregadora diz que é um “absurdo pessoas cristãs levantando bandeiras de pessoas pretas, bandeiras de LGBTQIA+”

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o discurso de Karla Cordeiro, conhecida como Kakau, membro da Igreja Sara Nossa Terra, em Nova Friburgo, no Rio...