Cabelos brancos causados por stress podem ser revertidos, diz estudo

Segundo uma nova pesquisa realizada por investigadores da Universidade de Columbia, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, divulgada na revista científica eLife, quando a fonte de stress é removida, o cabelo pode voltar à sua cor natural.

“Há décadas que tentamos entender a influência do stress no processo de aparecimento dos cabelos grisalhos, e este é o primeiro estudo que mostra uma ligação clara entre stress psicológico e cabelos brancos”, conta à BBC News Martin Picard, professor em Medicina Comportamental do Colégio de Médicos e Cirurgiões Vagelos, da Universidade de Columbia, e coautor do estudo.

A equipe de investigadores norte-americanos demonstrou a relação entre os dois elementos através da utilização de uma ferramenta que permite analisar a cor de cada fio de cabelo detalhadamente e calcular a perda de pigmentação.

Os acadêmicos examinaram os fios de cabelos de múltiplas zonas do corpo de um grupo de 14 voluntários de faixas etárias distintas. No decorrer da experiência, foi solicitado aos indivíduos que registassem os índices semanais de stress num diário.

Desta forma, revela a BBC, apuraram que, entre os voluntários mais jovens, quando o stress desaparecia, o cabelo recuperava a sua cor original.

Os investigadores revelaram o exemplo de um homem que recuperou a cor de cinco dos fios grisalhos analisados ​​após estar quinze dias de férias.

Segundo Picard, a alteração de tonalidade não ocorre quando o cabelo está fora do folículo piloso, porém quando “está crescendo dentro desse tipo de mini-órgão que fica sob a pele”. O especialista considera que a perda de cor se deve possivelmente a modificações nas mitocôndrias, organelas celulares que atribuem grande parte da energia para ativar as reações bioquímicas da célula.

“O stress psicológico afeta os processos de energia nas mitocôndrias e, quando as mitocôndrias não funcionam bem, o cabelo perde pigmento”, conta.

Ainda assim, é relevante salientar que apesar de em alguns casos o cabelo pode recuperar temporariamente a cor, tal não sucede em todos os casos, sobretudo em indivíduos que já têm cabelos grisalhos há bastante tempo.

“Existe uma espécie de limiar biológico e, quando o cabelo está próximo a esse limiar, o stress pode afetar o cabelo e torná-lo branco”, partilha Picard.

“Quando a fonte de stress é removida, o cabelo pode voltar e recuperar a cor anterior. Mas quando o cabelo ultrapassa esse limite há décadas, é altamente improvável que ele volte a ter outra cor”, acrescenta.

O que significa que os benefícios da diminuição do stress podem não ter efeito para que a tonalidade dos fios volte à cor dita normal.

De acordo com a Picard, este estudo abre novas vias para investigar quais outros processos ligados ao envelhecimento são impactados pelo stress e sentimentos de ansiedade, e como estes podem ser revertidos.

Baianos Hebert Sousa e Bia Ferreira quebram adversários no pau e vão lutar pelo Ouro

Os baianos Hebert Sousa e Bia Ferreira foram implacáveis na madrugada desta quinta-feira (05/08) e venceram os adversários pelas semifinais das olimpíadas de Tóquio. Hebert derrotou o russo...

Atlético-MG é superado pelo Bahia, mas avança na Copa do Brasil

O Galo está classificado às quartas de final da Copa Intelbras do Brasil. Na noite desta quarta-feira (4), no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana...

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 55 milhões

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2.396 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa quarta-feira (4) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal...

Médico acusado de tentar matar ex-companheira em Jardim Armação tem prisão solicitada

O Ministério Público estadual, por meio do promotor de Justiça Davi Gallo, requereu nesta quarta-feira (04/08), à Justiça a decretação da prisão preventiva do médico Rodolfo Cordeiro...