Operação Mulher Maravilha cumpre seis mandados de prisão

Nem só de campanhas educativas se faz o Agosto Lilás. O mês de conscientização do público para o combate à violência contra a mulher também é de prisões pela Polícia Civil da Bahia. Nesta quinta-feira (26), a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Vitória da Conquista cumpriu dez mandados de busca e apreensão e seis de prisão.

A ação realizou uma verdadeira força-tarefa de cumprimento de mandados: parte dos homens é suspeita da prática de lesão corporal, mas havia também ex-companheiros com determinação de prisão preventiva em aberto por estupro e também casos de prisão definitiva, após condenação.

“Os mandados eram todos recentes e, dos oito que incluímos na operação, conseguimos cumprir seis, além dos dez de busca e apreensão. Estamos fazendo a movimentação do Agosto Lilás desde o início do mês: tivemos outdoor na região, comercial na TV, realizamos audiências públicas e lives”, contou a delegada titular da Deam de Vitória da Conquista, Gabriela Garrido.

A campanha também foi objeto de uma moção de aplausos na Câmara do município. Em parceria com a Prefeitura, foram realizados ainda testes rápidos de HIV e DSTs, inscrição no Cadastro Único e encaminhamentos pela equipe do Centro de Referência da Mulher daquela cidade. “A visibilidade da campanha foi enorme. Isso ajudou a aumentar o número de registros de denúncias, o que é muito importante para o trabalho da Deam. Finalizamos com a operação para deixar claro à população que o agressor de mulheres não fica impune: agredir e descumprir medidas protetivas são ações que dão cadeia”, afirmou a delegada.

Últimas Noticias

Seminário discute previdência militar na Bahia

Durante toda a manhã desta segunda-feira (29/11), o auditório da Faculdade Estácio de Sá, no Stiep, foi palco de...