DHPP inicia investigação da morte de acusado de tráfico na Barra

O Departamento de Homicídios a Proteção à Pessoa (DHPP) já está investigando a autoria e motivação dos disparos de arma de fogo, que resultaram na morte do acusado de tráfico Rodrigo Cerqueira de Jesus, o “Tosca”, e deixou feridos a mãe e mais outro homem, no Porto da Barra, neste domingo (05/09).

As vítimas foram socorridas para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde, Rodrigo Cerqueira chegou sem sinais vitais. De acordo com os primeiros levantamentos, Tosca seria integrante do grupo criminoso Comando Vermelho (CV) com atuação no bairro de Cosme de Farias e um dos alvos de investigações do DHPP.

Ainda de acordo com informações preliminares, ele seria o principal alvo dos criminosos. A disputa pelo tráfico de drogas é a principal linha de investigação para a motivação do crime. A equipe Silc/DHPP esteve no local e expediu as guias periciais e de remoção.

A diretora do DHPP, delegada Andréa Ribeiro destacou as primeiras ações. “Estamos focando neste caso com o nosso Núcleo de Inteligência, a 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico). A ideia é chegar à autoria, o quanto antes. Vamos localizar testemunhas, ouvir vítimas sobreviventes, buscar imagens do momento dos tiros e o veículo utilizado pelos autores.

Morto no Porto da Barra seria enteado do traficante “Zóio do Gato”

Últimas Noticias