Homem é condenado a prisão por injetar seringa com sêmen em mulher

Um homem que injetou uma mulher com uma seringa que continha sémen foi condenado a dez anos de prisão.

O ataque a Katie Peters aconteceu à entrada de uma mercearia, em Maryland, em fevereiro de 2020.

Na ocasião, a mulher diz que esbarrou no homem e sentiu uma espécie de queimadura, que pensou ter sido feita com um cigarro. Mais tarde, percebeu que algo lhe tinha sido perfurado no corpo.

Após o ataque, a mulher foi atrás do homem e encontrou uma seringa no chão.

O material foi confiscado pela polícia que mais tarde encontrou mais seringas no carro do suspeito, identificado como Thomas Bryon Stemen, todas elas com sêmen do homem.

Thomas que tinha sido acusado de violência doméstica e de ter fugido da justiça em 1999, vai agora cumprir dez anos de prisão.

Últimas Noticias

Dois criminosos se entregam e liberam refém na Cidade Nova

Dois criminosos que fugiram de uma operação da PM e fizeram um refém, no bairro de Cidade Nova, se...