Líder do PCC considerado um dos mais radicais é solto pela Justiça

Um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) deixou a cadeia na última quinta-feira (09/09) após ter redução de 445 dias em sua pena. O homem fez cursos profissionalizantes.

Trata-se de Francisco Antônio Cesário da Silva, o “Piauí”, que chegou a fugir e foi recapturado durante o cumprimento da sentença de 14 anos por sequestro. Ele também é apontado como um dos líderes do PCC na favela de Paraisópolis, a maior da capital paulista. O criminoso é considerado um dos mais radicais chefes da facção criminosa, o que deixou as forças de segurança em alerta.

“Piauí” estava detido desde 2008. Em 2012, a Secretaria Pública de Segurança de São Paulo pediu auxílio ao Governo Federal e ele foi o primeiro membro da facção a ser transferido para Penitenciária Federal de Catanduvas, no Paraná, onde esteve detido desde então.

No período em que esteve preso, ele teve 20 falta graves por mau comportamento e chegou a fugir por três meses até ser recapturado. Entre os cursos que o agora ex-detento participou estão: Liderança Gerencia, Negociação – Técnicas e Estratégias de sucesso, Direitos Humanos, Gestão de Pessoas na Pequena Empresa.

Últimas Noticias

Troca de tiros com morte de “Biscoito do Tráfico” na Liberdade

Uma troca de tiros entre traficantes e policiais da Rondesp BTS, na tarde desta terça-feira (28/09), na Rua Alvarenga...