Mulher feita refém é acusada nas redes de ser namorada do traficante e amigos negam

A mulher feita refém, na noite de domingo (12/09), após a morte do tenente Mateus Grec, 35 anos, lotado na Rondesp Atlântico, foi acusada nas redes sociais de ser namorada do criminoso. O sequestro ocorreu no bairro de Cosme de Farias, em Salvador. O bandido foi preso e é conhecido como “Côco Louco”. Porém, a polícia não confirmou nenhuma informação de envolvimento da vítima com a criminalidade.

Relatos de policiais nas redes sociais foram encaminhados ao Informe Baiano e dizem que os dois seriam da região de Sussuarana, onde teriam sido “enquadrados” juntos em um paredão. Mas amigos em contato com o IB negam a informação. Eles afirmam que a mulher, na verdade, é trabalhadora e mãe de família. “Graças a Deus ela conseguiu se manter calma”, pontua uma amiga no Facebook.

A vítima concedeu entrevista ao Balanço Geral, da Record Bahia, e negou qualquer relação com o tráfico e disse que nunca tinha visto o bandido antes.

+ Criminoso envolvido em morte de tenente da Rondesp é preso em Cosme de Farias

Após exigir a presença da imprensa e um advogado, o bandido negociou a rendição com o Batalhão de Operações Especiais. Ele alagava que seria executado por uma guarnição da Rondesp. Foi preso com um fuzil e conforme testemunhas, participou do confronto que resultou no assassinato do oficial da PM.

Em nota enviada ao Informe Baiano, a Polícia Militar relatou que “de acordo com informações da 58ª CIPM, no domingo (12), por volta das 21h50, policiais militares da unidade foram informados que um dos suspeitos de ter assassinado o tenente da Rondesp estaria em uma residência armado com um fuzil e teria feito uma família de seis pessoas, sendo três adultos e três crianças reféns na Travessa 12 de Dezembro, em Cosme de Farias”.

“No local, guarnições da 58ª CIPM, da CIPT Rondesp Atlântico, do Batalhão de Choque da PM e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) realizaram a negociação e as crianças e uma mulher foram libertadas por volta das 23h”.

“O acusado e as vítimas foram encaminhados para o DHPP, onde a ocorrência foi registrada. Com o acusado foi apreendido um fuzil M4 TWS, 189 munições calibre 5,56mm, dois carregadores, 144 pedras de crack, três pacotes de cocaína em pedra, R$ 106,74 em dinheiro e uma corrente dourada. O policiamento segue intensificado na região, com guarnições da 58ª CIPM e da CIPT Rondesp Atlântico”, diz a PM.

Sobre a ocorrência da morte do policial, a instituição detalhou que “de acordo com informações da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT) Rondesp Atlântico, neste domingo (12), por volta das 20h05, policiais militares da unidade realizavam patrulhamento tático na Rua Araçatuba, no Alto do Cruzeiro, em Cosme de Farias quando foram surpreendidos por pelo menos 20 homens armados, houve troca de tiros, um tenente PM foi alvejado e socorrido para o Hospital Geral do Estado, onde não resistiu ao ferimento”.

“Durante a ocorrência um suspeito também foi atingido, ele foi socorrido para o HGE, onde veio a óbito. Com o acusado foi apreendido uma pistola calibre 45 e munições. A ocorrência foi registrada na Corregedoria da PM”, finaliza a nota.

Últimas Noticias