“A Katiara estuprou e enterrou o corpo da menina aqui em Castelo Branco”

Traficantes da facção Katiara teriam cometido mais uma atrocidade no bairro de Castelo Branco, em Salvador, no domingo (19/09). A denúncia foi enviada ao Informe Baiano por um morador sob anonimato.

Segundo o homem, uma jovem foi torturada, espancada, estuprada e depois morta a tiros, na localidade conhecida como “Bica” ou “Creche”. Os supostos autores, de apelidos “Chucky” ou “Boneco” e “Lukete”, ainda teriam ocultado e enterrado o corpo da vítima, que seria menor de idade.

“A Katiara estuprou e enterrou o corpo da menina aqui em Castelo Branco. Ela tá enterrada lá, a polícia tem que ir lá pra achar o corpo. A família já sabe, já foi informada. Esse pilantra, ‘Boneco’, tá no Baralho do Crime”, relatou o jovem. Ele acrescenta também que os criminosos estariam usando o perfil do Instagram da vítima. Um print com uma discussão entre integrantes das facções Katiara e Bonde do Maluco (BDM) foi enviado ao IB. Veja abaixo:

A região é palco de uma antiga guerra entre a Katiara e o Bonde do Maluco (BDM), que domina a venda de entorpecentes na maior parte do bairro. Uma moradora da localidade conhecida como “Antártica” também conversou com o IB.

“Não é só na Bica essa perturbação, não. Tem um tal de ‘Alanzinho’ que ameaça as pessoas e obriga a guardar drogas. Ele já matou vários jovens aqui. A gente não aguenta mais esse inferno. A polícia tem que parar esse monstro, que dá as ordens de dentro cadeia”, relatou.

O IB buscou mais informações com a Polícia Militar, que sugeriu contato com a Polícia Civil. A PC, por sua vez, relatou que não foi localizado registro de homicídio no bairro de Castelo Branco, no domingo (19). Até às 14h de hoje, as polícias Civil e Militar não estiveram no local.

Últimas Noticias

Detran-BA informa sobre pagamentos através do Documento de Arrecadação

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) informa que não realiza cobranças, através de comunicação direta com cidadãos...

Noticias Relacionadas