Homem é condenado a 21 anos de prisão por feminicídio em Barreiras

O Tribunal do Júri condenou na última quarta-feira (22) o réu Rafael Silva dos Santos a 21 anos de reclusão em regime fechado pelo feminicídio da sua companheira em novembro de 2018, no Município de Barreiras. O feminicídio foi cometido com o uso de uma faca na residência do casal e na frente dos dois filhos menores, movido por sentimento egoístico e de posse. O réu foi condenado pelo crime de homicídio qualificado pelo feminicídio e meio que dificultou a defesa da vítima.

A acusação foi sustentada pelo promotor de Justiça Luiz Eduardo Souza e Silva durante a primeira sessão periódica em 2021 do Tribunal do Júri, após a suspensão das sessões do júri em razão da pandemia do coronavírus. A sessão foi presidida pelo juiz Joel Firmino do Nascimento Júnior.

Últimas Noticias