Operação combate crimes contra transportes e entregas por aplicativos em Salvador

Equipes da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) realizaram mais uma fase da Operação Visão Noturna, em bairros de Salvador, na noite de sexta-feira (24/09). Na 4a fase da operação, que tem o objetivo de coibir furtos e roubos de veículos, a especializada focou em ações investigativas para o combate de crimes contra motoristas de transporte e de entrega por aplicativos.

As ações ocorreram em Stella Maris e mais dois pontos da Orla de Salvador. Segundo o titular da DRFRV, delegado Marcelo Tannus, as abordagens e buscas pessoais também visaram o combate a outros crimes. “Observamos não só a situação dos veículos, mas também outros ilícitos, como, no caso dos transportes de aplicativos, a possibilidade de assaltos que possam estar em curso, sequestro relâmpago, além do tráfico de drogas e porte ilegal de armas de fogo, tanto cometidos contra os trabalhadores desse seguimento, como também por pessoas que se disfarçam dessa função para cometer crimes”, pontuou.

Ainda segundo o delegado, coibir o furto e o roubo de carros e motocicletas, também inibe outros crimes. “O veículos passaram a ser produto meio, pois são utilizados para outras práticas delituosas. No caso dos entregadores por aplicativos, alguns criminosos também se aproveitam dessa profissão para cometerem seus atos ilícitos”, afirmou.

Até 20 de setembro deste ano, foram roubados 2.500 veículos. No mesmo período, foram recuperados cerca de 2.200. A média de recuperação é de 80 por cento.

Últimas Noticias

Sinais precoces de demência podem surgir até 18 anos antes do diagnóstico

Atualmente a demência ainda não tem cura, no entanto, múltiplos achados científicos sugerem que a doença degenerativa do cérebro...