Homem morto pelo namorado em Itinga e enterrado em área de comunidade religiosa

Foram cumpridos, na 27ª Delegacia Territorial (DT) de Itinga, os mandados de prisão preventiva dos suspeitos do homicídio de Roberth Gonçalves Lopes, de 21 anos. Os dois homens apresentaram-se com seus respectivos advogados, na terça-feira (5) e na manhã desta quinta (7).

Conforme levantamentos realizados pela equipe da unidade, a dupla é investigada por matar e ocultar o cadáver da vítima. As ordens judiciais foram solicitadas no curso das apurações e os dois estão à disposição da Vara Criminal.

A titular da 27ª DT/Itinga, delegada Elaine Laranjeira, explicou que familiares da vítima registraram ocorrência do desaparecimento de Roberth, em 20 de setembro. “As equipes iniciaram as diligências que culminaram na localização do corpo dias depois. A vítima foi esquartejada e enterrada em uma área verde, destinada às atividades de uma comunidade religiosa”, contou a delegada.

De acordo com as investigações, o crime teria sido motivado por ciúmes. “Roberth já havia tido um relacionamento com um dos suspeitos e foi a casa dele para buscar roupas e alguns objetos pessoais”, disse a titular.

O inquérito policial deve ser finalizado nos próximos dias e encaminhado à Justiça.

Últimas Noticias