Conheça Margaux, cadela que reforça segurança no Congresso Nacional

O Departamento de Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados (Depol) ganhou um reforço especial na equipe: a cadela Margaux. Auxiliando na vigilância do órgão desde junho, com direito até a crachá, ela recebe o carinho de servidores e visitantes

Margaux, de um ano e dois meses de idade, faz parte de um projeto piloto da Depol, para atuar com cães farejadores na detecção de explosivos e armas de fogo. A ideia partiu da tutora da cadela, a policial legislativa Leonela Santos, de 35 anos.

A servidora passou por capacitação com a Polícia Civil do Distrito Federal para preparar Margaux na missão de ser uma farejadora profissional. Acreditando no projeto, foi ela quem adquiriu a cachorra, em 2020.

Sucesso no salão verde
Margaux é da raça Golden Retriever, utilizada para atividades de segurança, e foi escolhida especificamente por ter esse perfil. A mascote mora com a policial Leonela, na companhia de dois gatos. “Ela é muito tranquila e dócil”, conta a servidora.

A cadela acompanha a tutora no expediente na Câmara dos Deputados nos dias mais movimentados da semana, entre terça e quinta-feira. “São nesses dias que as pessoas podem vê-la, ter contato e se interessar”.

Últimas Noticias

Incor pede autorização à Anvisa para testes clínicos de vacina spray

O Instituto do Coração (Incor) em São Paulo enviou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), nessa quinta-feira (21),...