Samuel Júnior diz que Superman bissexual é “abominável”

O deputado estadual Samuel Júnior (PDT) criticou, em publicação nas redes sociais, o anúncio de que Jon Kent, o Superman atual, será bissexual na revista em quadrinho (HQ) “Superman: Son of Kal-El # 5”. Jon herdou o posto de Superman de seu pai, Clark Kent.

A recém-lançada série de HQs “Superman: Son of Kal-El” mostra a vida do herói de 17 anos, que terá um relacionamento homoafetivo com o ativista hacker Jay Nakamura. Os dois vão ter um relacionamento e aparecem se beijando na quinta edição da série. O anúncio da editora movimentou as redes sociais e foi alvo de crítica.

“A heteronormatividade, padrão cristão, bíblico e biológico, vem sendo combatida com muita força, sobretudo na cultura pop e nos produtos de mídia voltados para crianças e adolescentes. As forças das trevas têm se levantado com muita força contra o padrão divino para impor como normal aquilo que a Bíblia diz que é abominável. Ore! Compartilhe! Manifeste-se!”, escreveu o parlamentar, que também é pastor da Igreja Assembléia de Deus

No post, o deputado ainda citou a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e o colega deputado federal Alex Santana, também evangélico.

Últimas Noticias