Articulação mexe no tabuleiro da política e atinge Geraldo Júnior, Emerson Penalva e Ana Paula

Uma articulação arrojada e também inusitada promete um giro de 180 graus no tabuleiro da política soteropolitana e baiana. Pelo menos três nomes podem ser atingidos diretamente: Geraldo Júnior (MDB), Emerson Penalva (Podemos) e Ana Paula Mattos (PDT).

Conforme uma fonte do Informe Baiano com trânsito livre no Palácio Tomé de Sousa, na Câmara Municipal e ainda no União Brasil, confidenciou nesta sexta-feira (15/10), “o jogo pode mudar completamente”. O presidente da Casa Legislativa da capital, Geraldo Júnior, que seria pré-candidato a deputado federal, poderá disputar o parlamento estadual. O político poderia ser ainda o nome de ACM Neto, caso ganhe o governo baiano, para presidir a Assembléia Legislativa da Bahia (ALBA). Além disso, em 2024, ganharia a indicação para ser o vice de Bruno Reis em substituição a Ana Paula Matos. A pedetista, por sua vez, disputaria uma vaga de deputada federal com o apoio total do grupo no lugar de Geraldo Júnior.

Já Penalva, que é pré-candidato a deputado estadual, desistiria do pleito. Em troca, seria o candidato da base do prefeito Bruno Reis para comandar a Câmara Municipal de Salvador (CMS) no lugar de Geraldo.

Últimas Noticias