Justiça determina contratação de médico na especialidade de proctologia no Município de Juazeiro

A pedido do Ministério Público estadual, a Justiça determinou que o Município de Juazeiro contrate médicos na especialidade de proctologia para prestar consulta ambulatorial na cidade, no prazo de 30 dias. “A falta de proctologistas na rede municipal acaba aumentando o tempo em que normalmente se conseguiria um diagnóstico, consequentemente limita o acesso à assistência médica pelo SUS”, destacou a promotora de Justiça Rita de Cássia Rodrigues, autora da ação civil pública contra o Município. Ela complementou que isso ocasiona uma enorme dificuldade na prevenção de casos de câncer, já que 80% dos pacientes com suspeita de câncer no Município de Juazeiro são acometidos de tumores benignos e malignos no intestino grosso, no intestino delgado e no reto.

Segundo a promotora de Justiça, o MP buscou uma solução conjunta por meio de um Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC), no entanto a administração municipal não respondeu a proposta elaborada pelo MP, não restando outra opção à Instituição senão ajuizar a ação para garantir o direito à saúde previsto na Constituição Federal.

Últimas Noticias