Operação Sucata Zero retira 13 embarcações precárias na Ribeira

A Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), realizou no mês de outubro, a operação “Cidade Dez, Sucata Zero”, cujo objetivo era retirar sucatas de embarcações da faixa de areia da orla da Ribeira. A operação, iniciada no último dia 18 e encerrada esta semana, retirou 13 sucatas de barcos da faixa de areia e do mar da região.

A ação contou com a colaboração da Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman), Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), Guarda Civil Municipal (GCM) e da Prefeitura-Bairro Cidade Baixa. Antes da operação, os proprietários receberam notificações impressas para que as embarcações degradadas fossem retiradas da faixa de areia e do mar.

Os barcos recolhidos foram levados para a sede da Guarda Civil Municipal (GCM), localizada na Avenida San Martin, onde ficarão no pátio da unidade por um período de 60 dias. Para retirar a embarcação, o dono deverá apresentar toda documentação atualizada, comprovando a propriedade. Caso não se manifeste até o prazo estabelecido, o bem será leiloado.

“Esse trabalho serve para dar outro visual estético à praia, além de contribuir no combate a acidentes e à proliferação de doenças que essas embarcações sem cuidados podem acarretar”, disse o chefe do setor de Proteção de Estética da Cidade (Sepec/Semop), Roberto Guerreiro.

Denúncia — A operação prosseguirá em outros pontos da orla da capital baiana. Caso queira realizar uma denúncia sobre a presença de sucatas de barcos na orla, o cidadão pode entrar em contato com o Fala Salvador, no número 156 ou pelo site www. falasalvador. ba. gov. br .

Últimas Noticias