Alibaba modera campanha de vendas para o “Dia dos Solteiros” na China

A maratona anual de compras no “Dia dos Solteiros” promovida pelo Alibaba Group assumiu um viés mais contido neste ano, já que a gigante do varejo online tem encampado um discurso de sustentabilidade em vez de incentivar uma explosão de vendas, em meio à defesa da busca da “prosperidade comum” defendida pelo governo chinês.

Em comparação com o ano passado, o evento de 2021 ocorre em meio a uma campanha de fiscalização do governo sobre as maiores empresas da China – incluindo a Alibaba – e voltada à promoção do “bem comum” e da contenção do excesso. Com isso, neste ano, o Alibaba está promovendo formalmente o “desenvolvimento sustentável” e a “inclusão”.

Embora as celebridades nas transmissões ao vivo e os grandes descontos ainda tenham um grande papel nas festividades deste ano, a empresa disse que suas prioridades são incentivo ao “consumo amigo do ambiente” e “apoio para as populações vulneráveis”.

Na semana passada, reguladores chineses disseram que avisaram os sites de comércio eletrônico para conterem o envio de spam antes do Dia dos Solteiros. Os reguladores também elaboraram uma lista de responsabilidades que espera que as empresas de plataforma cumpram.

Em setembro, o Alibaba disse que vai investir 100 bilhões de iuans (16 bilhões de dólares) até 2025 em apoio à “prosperidade comum”, enquanto em outubro lançou uma versão de sua plataforma de comércio eletrônico Taobao adaptada para idosos.

Para o Dia dos Solteiros deste ano, a empresa também disse que desenvolverá com parceiros novos produtos com menores pegadas de carbono e se comprometeu a fazer doações de caridade.

Em resposta às perguntas da Reuters, o Alibaba disse que o “11/11 (Dia dos Solteiros) é uma ferramenta poderosa e influente que aproveitaremos totalmente para defender e conduzir nossas iniciativas ESG (ambientais, sociais e de governança) este ano”.

Últimas Noticias