Segurança de metrô chuta cabeça de ambulante

Um segurança da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) foi flagrado agredindo um vendedor ambulante na última segunda-feira (08). Imagens feitas por um passageiro mostram a vítima, identificada como Peterson Nunes, de 35 anos, sendo jogada no chão e levando um chute do agente.

Em entrevista à Record, Peterson afirmou que sabe sobre a proibição de vendas no local, mas alegou que está desempregado e que essa é sua única fonte de renda. Segundo o vendedor, ele estava deixando o local quando foi abordado pelos seguranças e tentou explicar a situação. “Nisso começou uma agressão. O cara puxou um cassetete, deu uma ‘cassetada’ na minha boca, aí eu revidei, empurrei ele. Um outro me puxou e eu caí no chão. Foi a hora que ele me deu uma bicuda na boca”, contou.

Em vídeos que circulam nas redes sociais, é possível ver que outras pessoas que estavam no local, incluindo a esposa de Peterson, tentam segurar os agentes e impedir a agressão, mas não conseguem.

Depois de ser derrubado pelo segurança, Nunes ficou desacordado e precisou ser levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A vítima ficou com ferimentos na boca e galos na cabeça.

Em comunicado, a CPTM afirmou que “repudia qualquer tipo de violência” e que o comportamento do segurança “não faz parte dos valores da companhia, do treinamento e dos procedimentos dos colaboradores e vigilantes terceirizados”. Na nota, a companhia ainda informou que os agentes envolvidos no caso foram desligados e não vão voltar a atuar na CPTM.

Últimas Noticias