Mulher exige R$ 50 mil para não divulgar fotos de vítima

Uma mulher foi presa em Ituporanga, interior de Santa Catarina, após uma investigação da Polícia Civil que apurou um caso de extorsão ocorrido em julho desse ano. O celular da acusada foi apreendido.
 
A vítima procurou a Delegacia de Apiúna e relatou que havia conhecido uma mulher pela internet. Ambas trocaram algumas fotos por aplicativo de mensagens e iniciou um relacionamento online.

A investigada, então, passou a solicitar valores para fazer uma cirurgia. Diante da negativa, passou a exigir da vítima R$ 50 mil e caso contrário, criaria uma página em rede social para divulgar as conversas íntimas, além das fotos. Também fez outras ameaças.

Em seguida, a acusada passou a narrar que havia registrado um boletim de ocorrência contra a vítima na Delegacia de Polícia Civil de Ituporanga e exigiu depósitos de R$ 5.000, R$ 3.000 e R$ 2.500.

Durante a investigação, a polícia descobriu que a mulher havia praticado o mesmo tipo de crime contra outra vítima em maio de 2021, exigindo o valor de R$ 200 mil para que não fosse à delegacia de polícia.

A presa foi encaminhada para a Unidade Prisional Avançada de Ituporanga e ficou à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Ascurra. Ela será indiciada pelo crime de extorsão previsto no art. 158 do Código Penal, cometido através do ambiente cibernético.

Últimas Noticias

Aliado de Bolsonaro, deputado Alex Santana defende vacinação infantil contra Covid-19

O deputado federal, Alex Santana defendeu a vacinação infantil contra a Covid-19 nas redes sociais nesta segunda-feira (24). O...