Casa de Marilyn Manson é revistada após queixas de abusos sexuais

A polícia entrou em casa de Marilyn Manson nesta segunda-feira, dia 29, com um mandado de busca no âmbito das queixas de agressões e abusos sexuais que envolvem o músico.

Marilyn Manson, cujo nome verdadeiro é Brian Warner, não estava em sua casa, em Los Angeles, quando as autoridades entraram. A informação segundo o site TMZ, afirma que a polícia precisou forçar a entrada por não ter ninguém dentro do apartamento.

A revista People dá conta de que foram aprendidos computadores e discos rígidos que vão agora ser analisados pelos investigadores.

Está previsto para esta terça-feira um comunicado oficial onde as autoridades prometem revelar todos os pormenores sobre as buscas.

Marilyn Manson é acusado de assédio e abuso sexual por mais de 15 mulheres, entre elas a sua antiga noiva, a atriz Evan Rachel Wood. O músico está envolvido em três processos de abuso sexuais, um dos quais envolvendo a atriz Esmé Bianco.

Últimas Noticias

Saiba quais os sintomas da Ômicron em quem já está vacinado

A variante Ômicron tem levantado inúmeras questões sobre o quão seguras estão as pessoas vacinadas. Embora os especialistas deixem...