Previsão é que chova 30% a mais do esperado para o Verão em Salvador

Foto: Jefferson Peixoto/Secom

A possibilidade é que chova em Salvador 30% a mais do que o esperado ao longo do verão 2021/2022 que se inicia às 12h59 desta terça-feira (21) e se estende até às 12h33 do dia 20 de março de 2022. O meteorologista do Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil de Salvador (Cemadec), Giuliano Carlos do Nascimento, informa que a estação será marcada pelos impactos do fenômeno La Niña e por temperaturas altas, com chuvas intensas ao longo do trimestre.

Apesar do La Niña ocorrer do outro lado da América do Sul, o fenômeno, que atuará com 80% de sua intensidade até enfraquecer no final de março, tem reflexo na circulação de ventos e na pressão do ar registrada no Brasil.

As normais climatológicas, que mede os parâmetros meteorológicos, mostram que, para o período na capital baiana são de 82,5mm de chuvas em janeiro, 107,2mm em fevereiro e 156,8mm para março totalizando 346,5mm para o trimestre janeiro-março. Em 2020, choveu 412,6 mm ao longo do Verão, 19% acima da normal climatológica (346,5mm).

Os parâmetros computam informações em um período de 30 anos consecutivos, obedecendo a critérios recomendados pela Organização Mundial de Meteorologia (OMM). No caso de Salvador, este padrão é determinado por medições realizadas nos últimos 30 anos pelo pluviômetro de Ondina, então o único existente na cidade.

Ainda segundo o meteorologista da Codesal, outros sistemas poderão ocasionar maiores índices pluviométricos, a exemplo de frentes frias, Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis/VCAN (área onde os ventos nos níveis mais altos da atmosfera giram no sentido horário, fazendo com que o ar seco desses níveis mais altos desçam para a superfície), Zona de Convergência do Atlântico Sul/ZCAS (sistema meteorológico do verão, responsável por um período prolongado de chuva frequente e volumosa) e cavados (região na atmosfera onde ocorre uma ondulação do fluxo de ventos no sentido horário no Hemisfério Sul e onde há também uma tendência à queda da pressão atmosférica).

Previsão de chuvas intensas – Com a chegada de uma nova frente fria, há possibilidade de chuvas intensas na capital baiana. Entre terça (21) e quarta-feira (22), a previsão é de céu nublado com chuvas fracas, por vezes moderadas. Não se descarta a possibilidade de eventos significativos. Há risco para alagamentos e deslizamentos de terra.

Na quinta-feira (23), a previsão é de céu nublado a parcialmente nublado com chuvas fracas, por vezes moderadas a qualquer hora do dia. A partir da sexta-feira (24) até o domingo (26), o tempo fechado volta a se intensificar, aumentando as chances de chuvas fracas a moderadas, acompanhadas por trovoadas.

A Codesal integra a categoria de serviços essenciais do município e permanece de plantão 24 horas, atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199. As ocorrências também podem ser acompanhadas em tempo real através do site www. codesal. salvador. ba. gov. br .

Últimas Noticias

Brasil tem 106 casos de varíola dos macacos confirmados

O Brasil tem 106 casos confirmados de varíola dos macacos (Monkeypox), segundo levantamento do Ministério da Saúde. A maioria...