Chuva forte e até peixe “nadando” em pista do Aeroporto de Ilhéus

Uma situação inusitada aconteceu no Aeroporto de Ilhéus, no sul baiano, na manhã deste sábado (25/12), durante as fortes chuvas. Conforme a prefeitura, um peixe encontrado na via, que está interditada.

O município está em situação de Alerta Vermelho, conforme a Defesa Civil. Segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), a previsão é chover até 105 mm amanhã (domingo).

Diante da situação dramática com alagamentos, acidentes e diversas pessoas desabrigadas, foi instalada uma base de apoio no município. O objetivo da ação é otimizar a ajuda às cidades que recebem as fortes chuvas no Sul, Sudoeste e Extremo Sul da Bahia. Pelo menos 19 cidades com várias comunidades estão debaixo d’água.

Ação conjunta dos governos Federal e Estadual

Uma força-tarefa, formada pelo Governo Federal, Governo da Bahia, senadores, secretários estaduais e municipais, se reuniu neste sábado para discutir ações de socorro às cidades baianas atingidas pelas fortes chuvas. Durante a reunião com a participação do governador Rui Costa e dos ministros da Cidadania, João Roma, do Desenvolvimento Rogério Marinho, da Saúde, Marcelo Queiroga e do secretário Nacional de Defesa Civil coronel Alexandre Lucas, foi montada uma operação conjunta de socorro aos municípios afetados pelas Chuvas. O presidente Jair Bolsonaro determinou ampliação de esforços para atendimento à população.

“O momento é de solidariedade e trabalho. As diferenças políticas precisam ser deixadas de lado e todos precisam estar unidos para ajudar as vítimas das enchentes”, disse Rui Costa.

O socorro do Governo Federal inclui combustível e aeronaves para auxiliar nos resgates. Uma base de apoio para facilitar as ações, instalada na cidade de Ilhéus, no sul do estado, terá o reforço de equipes da Polícia Militar da Bahia, do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, da Secretaria Nacional de Defesa Civil, Superintendência Estadual de Defesa Civil, e da Polícia Rodoviária Federal, que enviará aeronaves e agentes. Duas escolas na cidade de Ilhéus serão usadas como pontos de apoio para a operação. Uma servirá de alojamento para os agentes envolvidos na força-tarefa e a outra será o quartel general das atividades.

Equipes do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais e do Rio Grande do Norte estão a caminho de Ilhéus, também levando aeronaves e equipamentos para se juntar à operação. No início da manhã, em outra reunião com secretários e técnicos do Estado, o governador Rui Costa já havia informado ter entrado em contato com governadores do Nordeste e de outras regiões para organizar a vinda do apoio necessário ao enfrentamento deste desafio de levar ajuda aos moradores das cidades alagadas. Os estados do Espírito Santo e Maranhão já indicaram que vão se unir aos esforços da Bahia e do Governo Federal.

Últimas Noticias

Brasil tem 106 casos de varíola dos macacos confirmados

O Brasil tem 106 casos confirmados de varíola dos macacos (Monkeypox), segundo levantamento do Ministério da Saúde. A maioria...